O iPhone 6 Plus, com tela de 5,5 polegadas, é o maior smartphone já lançado pela Apple, e um dos dois dispositivos apresentados hoje pela empresa. Aqui está tudo o que você precisa saber sobre ele.

>>> iPhone 6: um pouco maior e muito melhor

O iPhone original, de 2007, foi um produto revolucionário que virtualmente não tinha concorrentes. Mas hoje as coisas são diferentes e ele é mais um em um mar de dispositivos de qualidade. Enquanto outras empresas já experimentaram telas maiores – e, em alguns casos, smartphones do tamanho de tablets -, a Apple se manteve nos modelos menores.

O iPhone 5/5S/5C saiu com tela de 4 polegadas, o que hoje em dia é considerado pequeno, considerando que mesmo os menores flagships estão com 4,7 polegadas, enquanto outros passam da marca das 5 polegadas. Com o novo modelo de 5,5 polegadas, a Apple admite que algumas pessoas podem se aproveitar de mais espaço.

O que temos aqui é um dos mais inovadores smartphones da Apple nos últimos anos, que quebra muitas das mais arraigadas convenções da empresa.

Design

O iPhone 6 Plus é notoriamente maior que seus antecessores, mas seu design é uma evolução sutil do estilo minimalista que há anos a Apple desenvolve. Enquanto o iPhone 5/5S/5C optou por cantos planos, o iPhone 6 Plus tem um design mais arredondado, com os botões de volume no formato de pílulas, como no iPad Air lançado no ano passado.

O smartphone tem um display Full HD 1920×1080, o que, como destacou Phil Schiller, tem 138% mais pixels na tela do que o iPhone 5S. Com o novo smartphone grandão, a Apple também se aproveita de mais espaço na tela com o modo de divisão de tela tanto dentro de apps como na tela inicial. A tela inicial, em particular, é bem marcante, já que até agora estávamos bastante acostumados à visualização na vertical.

Apesar de todos os rumores que diziam que a Apple faria bom uso dos enormes investimentos em vidro de safira que supostamente é menos suscetível a arranhões, o que temos aqui é uma tela “fortalecida por íons”. O vidro se curva nas laterais em direção à traseira do aparelho.

Reprodução

Com 7,1 mm de espessura, o smartphone é incrivelmente fino – mais fino até que o iPhone 5 e 5S com seus 7,5mm de espessura.

Especificações técnicas

O iPhone 6 Plus é equipado com o novo chip A8 da Apple. Ele é 13% menor do que o A7, com CPU 25% mais rápida e gráficos até 50% mais rápidos, de acordo com a Apple.

A câmera tem novas capacidades possibilitadas pelo novo processador, incluindo suporte para VoLTE e chamadas via Wi-Fi para quando você está conectado a uma dessas redes, mas sem sinal de operadora.

Assim como o iPhone 6, o Plus ganhou NFC: o recurso é usado principalmente pelo novo sistema de pagamentos da Apple, o Apple Pay.

>>> Com o Apple Pay, o iPhone quer substituir a sua carteira

Câmera

Reprodução

O iPhone ganhou uma nova câmera de 8 megapixels que agora tem autofoco de detecção de fase, um recurso que só recentemente chegou a câmeras digitais mirrorless (o Samsung Galaxy S5 também conta com isso). O novo modo AF também ajuda a focar com mais velocidade, especialmente em situações de baixa luminosidade.

Falando em pouca luz, o iPhone 6 Plus vai ser mais estável quando a velocidade do obturador for mais lenta graças a uma nova estabilização óptica de imagem – enquanto o iPhone 6 terá estabilização digital, assim como todos os iPhones anteriores.

>>> Por dentro dos iPhones 6: os processadores A8 e M8 e a nova câmera

Disponibilidade

Reprodução

O iPhone 6 Plus será lançado em versões de 16GB, 64GB e 128GB. Nos EUA, custará US$ 299, US$ 399 e US$ 499, respectivamente. A pré-venda começa na sexta-feira, dia 12 de setembro, e o lançamento oficial será na semana que vem, no dia 19 de setembro. A Apple diz que o novo iPhone estará disponível em 115 países até o final do ano.

Atualizado às 16h44