Dia de lançamento de iPhone também é dia de a Apple mexer na sua loja e mudar sua linha de produtos. Enquanto os novos modelos não têm seus preços no Brasil anunciados, o iPhone XS e o iPhone 7 saíram de cena, enquanto iPhone XR e iPhone 8 tiveram quedas de preço entre R$ 600 e R$ 1.100.

O iPhone XS teve o mesmo destino do iPhone X: depois de apenas um ano de seu lançamento, saiu da loja da Apple. Quem teve uma sorte um pouco melhor foi o iPhone XR. Ele continua sendo vendido, com preços menores dos que vinham sendo praticados.

  • iPhone XR 64 GB: R$ 4.299 (era R$ 5.199)
  • iPhone XR 128 GB: R$ 4.599 (era R$ 5.499)
  • iPhone XR 256 GB: não é mais vendido (era R$ 5.999)



Já na outra ponta da linha, não deu mais mesmo para o iPhone 7. Lançado em 2016, ele foi removido da loja da Apple. Estes eram os preços:

  • iPhone 7 32 GB: não é mais vendido (era R$ 3.199)
  • iPhone 7 128 GB: não é mais vendido (era R$ 3.699)
  • iPhone 7 Plus 32 GB: não é mais vendido (era R$ 3.799)
  • iPhone 7 Plus 128 GB: não é mais vendido (era R$ 4.299)

Quem assume o cargo de iPhone mais velho e menos caro é o iPhone 8, de 2017.

  • iPhone 8 64 GB: R$ 3.399 (era R$ 3.999)
  • iPhone 8 256 GB: R$ 3.699 (era R$ 4.799)
  • iPhone 8 Plus 64 GB: R$ 3.999 (era R$ 4.599)
  • iPhone 8 Plus 256 GB: R$ 4.299 (era R$ 5.399)

Observe que os modelos de 256 GB do iPhone 8 estão agora no mesmo preço que era o iPhone 7 de 128 GB. Já o iPhone XR está um pouco mais caro do que era o iPhone 8.

Por enquanto, ainda não temos os preços do novo iPhone 11 por aqui. Lá fora, o iPhone 11 custará a partir de US$ 699 — menos do que o iPhone XR, que foi lançado a US$ 749. Já o iPhone 11 Pro e o iPhone 11 Pro Max repetem os preços de lançamento do XS e do XS Max: US$ 999 e US 1.099, respectivamente.

Por aqui, no entanto, a Apple dificilmente mantém seus preços. Ano passado, o iPhone XS Max mais caro, de 512 GB, chegou no Brasil por R$ 9.999. Será que dessa vez a Apple quebra a barreira dos R$ 10 mil?