Janicza Bravo, diretora de Zola, foi confirmada como diretora e produtora executiva no piloto de Kindred, uma adaptação do romance escrito pela escritora de ficção científica Octavia E. Butler.

De acordo com o Deadline, o projeto veio dos escritores de Watchmen Branden Jacobs-Jenkins e Courtney Lee-Mitchell, em colaboração com a Protozoa Pictures, de Darren Aronofsky. Joe Weisberg e Joel Fields (escritores e produtores de The Americans, do canal FX) também produzirão Kindred, com a recém-chegada protagonista interpretada por Mallori Johnson.

O livro vendeu mais de um milhão de cópias e voltou a ser popular desde que o romance foi publicado em 1979. Bravo fala sobre o impacto que o livro teve em sua vida depois de lê-lo na faculdade. “Li pela primeira vez há 20 anos”, disse Bravo.

“Estava na faculdade. Nunca tinha me visto em um mundo assim e certamente não em seu centro. O que pode parecer apenas um retrato de uma mulher invisível também é um poderoso abraço de nossa relação com a história –  e em como ela pode nos aproximar de nosso futuro. Depois de parecer que eu perdia mais de um ano de vida, que eu conhecia tão bem, uma oportunidade de dirigir uma adaptação desse texto específico foi uma vitória. Além disso, fazer parceria com Branden é algo que eu queria há algum tempo.”

Kindred é uma história de viagem no tempo que mostra Dana, uma jovem negra que acabou de chegar a Los Angeles. Assim que se estabelece em sua nova casa, ela é repentinamente transportada entre os dias modernos de Los Angeles e uma plantação do século XIX, com a qual a linhagem de sua família tem conexão.

Assine a newsletter do Gizmodo

Kindred foi adaptado para os quadrinhos por Damian Duffy e John Jennings. O livro ganhou o Prêmio Eisner 2018 de Melhor Adaptação de Outro Meio. A produção do episódio piloto da série começará em setembro de 2021.