Ciência

Jovem com doença de Crohn detalha sua experiência em HQ

Sawyer Fernandez é um jovem de 17 anos que espera ajudar outras pessoas com a doença de Crohn por meio de sua história em quadrinhos
Imagem: Sawyer Fernandez/ Reprodução

A Gastrocomics é diferente de qualquer outra história em quadrinhos que ficou famosa por aí. Feita por Sawyer Fernandez, um jovem de 17 anos, a HQ narra seu processo de enfrentamento e adaptação à doença de Crohn, uma doença inflamatória intestinal (DII).

Uma vida com a doença de Crohn

A doença de Crohn é crônica e não tem cura. Na maioria das vezes, o tratamento com medicamentos gerenciam a condição e garantem qualidade de vida. Contudo, em alguns casos, o organismo não responde aos remédios.

Foi isso que aconteceu com Fernandez. Seus exames revelaram que a inflamação crônica fez com que ele tivesse cicatrizes no trato intestinal e, por isso, o jovem precisou de intervenção cirúrgica.

Depois, passou meses indo e vindo do hospital, entre cirurgias, exames e tratamentos de infusão. Como qualquer pessoa nesta situação, Fernandez achou difícil se manter calmo durante o processo.

O dia a dia em quadrinhos

Jovem com doença de Crohn detalha sua experiência em HQ

(Imagem: Sawyer Fernandez/ Reprodução)

Foi neste momento que ele criou uma maneira que o ajudou a enfrentar o período. Ele começou a detalhar sua experiência por meio de Gastrocomics, uma história em quadrinhos que ele mesmo criou.

A HQ tem personagens como o “Homem Anti-Inflamatório”, que representa o próprio Fernandez, e também “Infusi-Ron”, que enfrentam vilões como “Calamitoso Crohns” e “Sofrimento D.I.I.”.

A série inclui enredos e protagonistas que representam  diferentes doenças e tratamentos gastrointestinais. Cada personagem tem diferentes superpoderes e enfrenta diferentes vilões, dependendo da condição que representam.

Dessa forma, o jovem encontrou conforto durante sua jornada. E, ao mesmo tempo, sua história em quadrinhos inspira outras pessoas nesse mesmo processo. 

“Com esses personagens que colocam você em seus passos, eles podem fazer você se sentir como um super-herói, porque você também está lutando contra essas doenças. Isso pode fazer você pensar ‘sou igual a ele. Também sou um super-herói'”, disse em entrevista ao Newswise.

Fernandez espera um dia fazer uma carreira com sua arte, mas dessa vez ele pretende trabalhar com mangás e animações. Enquanto isso não acontece, ele espera que a Gastrocomics continue trazendo conforto a outras crianças que vivem com doenças gastrointestinais.

E isso realmente pode acontecer. Além de seus pais, seus médicos também estão orgulhosos de seu trabalho e enfrentamento da doença. Agora, um dos profissionais que cuidou de Fernandez quer usar sua história em quadrinhos com outros pacientes.

Assine a newsletter do Gizmodo

Bárbara Giovani

Bárbara Giovani

Jornalista de ciência que também ama música e cinema. Já publicou na Agência Bori e participa do podcast Prato de Ciência.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas