No ano passado, os tablets Kindle Fire da Amazon amadureceram. Eles ganharam um novo design fantástico e elegante, além de uma atualização de software. Este ano, a Amazon anunciou um novo Kindle Fire HDX 8.9 com especificações melhores, além do Kindle Fire HD em versões de 6 e 7 polegadas a um preço incrível – a partir de US$ 99.

O novo Kindle Fire HDX 8.9 tem design bem semelhante ao seu antecessor: elegante, fino e incrivelmente leve. A versão deste ano chega a 7,8 mm de espessura e apenas 389 g.

Dentro desse corpo mais leve, o novo HDX traz especificações melhores: este é o primeiro tablet a rodar o processador Snapdragon 805. O resultado é um desempenho bastante fluido. Nosso teste foi curto, mas pelo pouco que usei os apps e o carrossel de apps na tela inicial, tudo parecia gritantemente rápido.

Divulgação

E, claro, o novo HDX 8.9 é ótimo para se ver e ouvir coisas também. Demos uma olhada em um clipe de Transformers 4: A Era da Extinção (ugh) em sua ótima tela de 2560 x 1600 pixels com 339 PPI – a mesma encontrada em seu antecessor. A imagem era ótima, como se poderia esperar de um filme de Transformers.

E o som também era bem agradável, provavelmente graças à tecnologia Dolby Atmos, que promete acrescentar maior complexidade ao som. Nós só vimos uma cena do filme, mas foi fácil sentir quais explosões estavam mais próximas e quais ocorreram mais longe. O Fire HDX do ano passado também tinha um som ótimo, por isso é bom ver que o novo tablet mantém a tradição. Caso você esteja se perguntando, os alto-falantes também ainda estão perfeitamente colocados: na parte superior da traseira, onde será bastante difícil abafar o som com suas mãos.

Divulgação

Mas se você quiser usar o novo Fire HDX 8.9 para fazer mais do que assistir a filmes e navegar na web, a Amazon também criou um teclado Bluetooth personalizado para o dispositivo. Trata-se de um teclado fino que se prende magneticamente ao tablet, para formar uma combinação que lembra o Microsoft Surface. O teclado não tem uma qualidade fantástica – não é nada que você gostaria de usar todo dia – mas pareceu razoável no teste rápido que fizemos digitando nele. Por enquanto, não estamos convencidos com a ideia de um Kindle como máquina de produtividade, com ou sem teclado.

O novo HDX acompanha uma nova versão personalizada do Android. O Fire OS 4 (ou “Sangria”) é baseado no Android 4.4 KitKat, e traz algumas atualizações como melhor desempenho, suporte a múltiplas contas para tablets, o app Firefly (para identificar produtos tirando uma foto, assim como no Fire Phone) e armazenamento em nuvem gratuito e ilimitado para fotos.

Divulgação

Além disso, a Amazon anunciou novos tablets Kindle Fire HD mais baratos: eles são coloridos e muito baratos. A versão de 7 polegadas custa a partir de US$ 139, e o modelo de 6 polegadas começa em apenas US$ 99. Claro, as especificações não vão surpreender você: os tablets de 6 e 7 polegadas possuem tela com 252 e 212 PPI, respectivamente, e processador quad-core de 1,5 GHz da MediaTek.

Eles não são poderosos como a linha HDX, mas pareciam mais do que suficientes para realizar a maioria das tarefas (como streaming de vídeo). Nosso tempo de teste foi limitado, mas não havia muito lag ao deslizar pelos ícones na tela inicial – a maioria dos tablets de US$ 100 que testamos no passado eram visivelmente mais lentos.

A nova família Fire HD também é durável​​. A Amazon torceu os tablets, girou-os em uma roda normalmente usada para escolher números de loteria, e depois mostrou um vídeo com testes de queda bem desagradáveis – e mesmo com tudo isso, os tablets saíam inteiros. Isso é ótimo, já que você provavelmente vai tratar o seu tablet baratinho sem o mesmo cuidado de um modelo premium.

Divulgação

A Amazon também criou um tablet para crianças, que aguenta ainda mais danos: ele possui um case para amortecer quedas e facilitar na hora de segurar. Isso se combina ao recurso FreeTime, presente no Fire OS há algum tempo, que permite limitar o uso do tablet e de certos apps para crianças.

O Fire HD Kids Edition também vem com uma garantia de dois anos: se quebrar, a Amazon troca o tablet sem fazer perguntas. Ele ainda acompanha um ano de FreeTime Unlimited, serviço de assinatura com 5.000 livros, filmes, apps educativos e jogos infantis. O tablet custa a partir de US$ 149.

Divulgação

Mas o Fire HD de 6 polegadas e US$ 100 realmente é o mais interessante. Claro, existem inúmeros tablets por esse preço, mas eles geralmente vêm de alguma empresa genérica, e a qualidade – de hardware e software – costuma ser questionável. O Fire HD, por outro lado, vem com recursos bacanas da Amazon: no mundo de tablets de US$ 100, o Fire OS não é uma limitação tão grande quanto no espaço mais premium.

Os tablets estão em pré-venda na Amazon americana, e serão lançados em outubro. No Brasil, ainda não há previsão de lançamento – a Amazon só vende leitores de e-book por aqui.