Um hotel em Londres, na Inglaterra,irá realizar um desafio humano em que os participantes serão infectados com o vírus da Covid-19 para contribuir com estudos de vacinas e medicamentos contra a doença. A informação é do jornal britânico The Telegraph

O hotel Whitechapel foi totalmente transformado para atender a padrões de biossegurança, que garantirão que o vírus Sars-CoV-2 não escape dali. A responsável pela proposta inusitada foi a companhia Open Orphan, que recebeu financiamento do governo inglês para a realização dos testes.

Os voluntários preparados para ver como se saem contra o vírus receberão cerca de 3 a 4 mil libras, 23 a 30 mil reais, Eles ficarão em 19 quartos por duas semanas, com TVs e PlayStations para mantê-los entretidos.

Segundo o site da empresa, nenhum dos participantes poderá ter comorbidades e serão monitorados durante 24 horas. De acordo com a publicação, esse tipo de estudo é mais barato e rápido que os convencionais, que podem envolver até 20 mil pacientes e demorar de dois a três anos. Esse  desafio humano tem média de 100 voluntários e dura três meses.

Em julho deste ano, a Pfizer anunciou que uma vacina contra a doença teve 95% de eficácia em testes de fase 2 —o imunizante é resultado desta pesquisa.

Assine a newsletter do Gizmodo

O ensaio envolveu isolar o vírus da “natureza”, cultivá-lo em laboratórios e produzi-lo de acordo com um padrão específico.