Na segunda-feira (9), o Facebook publicou um post em seu blog explicando como as mudanças nas configurações de localização, devido à atualização de sistemas operacionais, vai impactar a rede social e seus usuários. A publicação parece uma medida defensiva que a empresa encontrou para enfrentar futuros questionamentos que devem surgir com o iOS 13, que promete maior transparência em relação à privacidade e compartilhamento de dados.

A Apple deve lançar a versão atualizada do sistema operacional no final deste mês. Entre as principais mudanças está o gerenciamento dos dados de localização por aplicativos terceiros.

Primeiramente, além das opções atuais de compartilhamento de localização, os usuários do iOS 13 agora terão a opção adicional “permitir uma vez”. A Apple ainda vai enviar notificações quando algum app está utilizando os dados de localização em segundo plano e quantas vezes eles foram acessados. Também será mostrado um mapa com a informação específica que aquela ferramenta coletou e por quê.

O blog post também menciona o Android 10, mas a principal ameaça ao Facebook parece ser mesmo o iOS 13. Um ponto interessante é que na seção “Privacidade Importa” do texto, a empresa afirma que “ainda poderemos saber a sua localização com base em check-ins, eventos e informações sobre sua conexão de internet”. Ou seja, mesmo que você mantenha o compartilhamento de localização desativado, o Facebook ainda vai arranjar um jeito de te encontrar. Talvez nem a Apple consiga driblar a rede social. 

Assim, para os futuros usuários da nova versão do iOS que vierem questionar o Facebook sobre como e por que a empresa coleta certos dados de localização, a rede social já tem um texto pronto, em que explica logo no primeiro parágrafo, com uma lista de exemplos, por que “o Facebook é melhor com localização”.

[9to5Mac, Facebook]