A Asus anunciou hoje a atualização da sua linha de notebooks e ultrabooks no Brasil. Entre os novos modelos que chegam por aqui temos um sucessor dos netbooks, novos Vivobooks com touchscreen, um novo Zenbook e um monstruoso notebook para gamers.

Durante a apresentação, Marcel Campos, gerente de produtos da Asus no Brasil, destacou a posição atual da empresa por aqui: segundo a GFK, a Asus é a líder em market share de notebooks com telas sensíveis ao toque, com 46% do mercado. Todos os notebooks rodam o Windows 8, e receberão a atualização para o 8.1 assim que ela estiver disponível (dia 17 de outubro).

Vivobooks

vivobook

Os Vivobooks lançados ano passado foram os primeiros notebooks com touchscreen do mercado brasileiro e agora eles foram atualizados para os processadores Haswell da Intel. O Vivobook S451LA ganhou um leitor de DVD também, e vai ser vendido em opções com 6GB ou 8GB de RAM DDR3 1600 Mhz, 750GB ou 1TB de armazenamento e tela com resolução 1366×768 de 14 polegadas. Ele é fabricado no Brasil e custa a partir de R$ 2.999.

ASUS X102BA

x102ba

Apesar da semelhança com os netbooks, a Asus ressalta que o X102BA não é um netbook. Ele tem tela de 10 polegadas com resolução 1366×768 e oferece “a praticidade dos tablets com a potência dos notebooks”, nas palavras de Campos. Por dentro, no lugar dos processadores Atom dos netbooks, o X102BA usa uma APU AMD Temash A4-1200 (anunciado no começo do ano pela AMD), com desempenho bem superior aos antigos chips móveis da Intel. Ele roda Windows 8 e acompanha o Office 2013 Home & Student completo. O público-alvo do notebook é crianças e adolescentes, ou pessoas em idade escolar em geral – trata-se de um aparelho leve, fácil de transportar e já com as ferramentas básicas para realização de trabalhos escolares. O preço contribui: ele custa R$ 1.299.

Em mãos, ele pareceu bem competente no pouco tempo que usei. Ele é bem leve e de fato lembra muito os netbooks. Tive um netbook por um tempo e sofri bastante com ele, mas não dá para negar que a portabilidade era um grande atrativo. Mas só podemos dizer se o X102BA consegue levar os pequenos notebooks a um novo patamar em desempenho com uso mais intenso – não dá para afirmar com alguns minutos de teste.

x102ba2

Zenbooks

Os destaques em design são os novos Zenbooks – UX302 e UX301. Eles têm acabamento em vidro Gorilla Glass e proteção contra arranhões. Ele foi apresentado na Computex 2013, mas não pudemos testá-lo na ocasião porque ele estava em uma redoma de vidro. Hoje sim pudemos dar uma olhada, e ele é realmente fantástico. E belíssimo.

zenbook

São dois modelos de Zenbooks com diferenças no acabamento. O UX302 é mais básico e tem apenas a tampa de vidro com Gorilla Glass, enquanto o UX301 tem proteção de vidro nas duas partes. O teclado pode ser levemente angulado – trata-se de um truque bem interessante de design. A tampa da tela, ao ser aberta completamente, levanta um pouco o teclado do aparelho, o que facilita na hora de digitar.

Como Campos destacou, ele é “fino, leve e luxuoso”. Sim, é bem fino (1,55mm de espessura) e leve (1,2 kg). E luxuoso – não só pelo seu belíssimo design, e sim por ele não ser para qualquer um. O UX302 tem tela IPS Full-HD de 13,3 polegadas, placa gráfica Intel HD Graphics 4400, 4 a 8GB de RAM, HDD de 500 GB e processador Intel Core i5-4200U, e sai por R$ 6999.

Já os UX301 são vendidos em duas opções: o branco, com processador i5 ou i7, de 4GB a 8GB de RAM, 128SSD ou 256SSD de armazenamento interno e tela IPS de 13,3 polegadas nas opções Full HD (1920×1080) ou WQHD (2560×1440). Ele chega em duas opções de cores: uma azul e outra branca – as duas são lindas. O preço? De R$ 7.999 a R$ 9.999.

Republic of Gamers G750JX

republicofgamers

Para finalizar os notebooks, a Asus também atualizou a linha Replublic of Gamers por aqui, com mais um aparelho monstruoso para gamers. Monstruoso em todos os sentidos: em potência, em peso e principalmente no preço.

Em potência, o G750JX é quase um sonho para quem gosta de jogar em computador. O processador é o Intel Core i7-4700HQ, com 32GB de RAM DDR3 1600MHz, duas unidades SSD Raid 0 de 256GB mais um HDD de 1TB 5400 RPM, entradas Thunderbolt e USB 3.0, GPU GeForce 770M GTX de 3GB e tela de 17,3 polegadas LED Full HD. Sim, um absurdo de potência.

Ele é bem grande – 41cm x 31.8 cm – e não é dos mais finos – a parte mais espessa tem 1.8cm e a mais grossa 5cm. E não é nada leve: 4.5kg. A bateria não é das mais duradouras, aguentando 1 hora e meia de jogatina intensa e até 5 horas de outras atividades. Porém, a Asus destaca que a ideia não é que ele seja carregado por aí para jogar, e sim que fique parado em uma mesa, com a bateria funcionando em caso de queda de energia; e também oferece a possibilidade de ser levado para outros lugares. A casa de um amigo, ou uma viagem, ou até a casa dos pais.

republicofgamers2

Se as especificações são quase um sonho, o preço é um pesadelo. A Asus mesmo reconhece que ele é bem caro – Campos disse que ele deve ser o notebook mais caro do Brasil. Ele vai custar assustadores R$ 13.999 quando chegar às lojas ainda neste mês.

MeMO Pad HD7

memopad

O MeMO Pad HD7 também foi apresentado durante a Computex 2013, e é um tablet bem bacana, com desempenho bom e um preço bacana. No Brasil ele não foge muito disso – custa R$ 799 e só é vendido com conectividade Wi-Fi.

Em relação às specs, temos uma tela de 7 polegadas com resolução 1280×800, processador MediaTek quad-core, câmera frontal de 1,2 MP e câmera traseira de 5 MP, além de entrada para cartão Micro SD.

Em relação ao MeMO Pad HD10, com tela de 10 polegadas, Marcel Campos disse que a Asus ainda estuda a possibilidade de lançá-lo por aqui – e também se é viável fabricar o tablet por aqui. Segundo o executivo, em alguns casos os benefícios fiscais concedidos aos tablets não compensam e vale mais a pena importá-lo do que fabricá-lo aqui.

E o novo Nexus 7?

Como não podia ser diferente, o lançamento do novo Nexus 7 foi questionado. Ele chega? Quando? O Nexus 7 original foi uma verdadeira bagunça – foi lançado depois “deslançado” e acabou sendo vendido bem caro para acabar com os estoques. Mas e o novo?

A Asus já conversou com o Google sobre a possibilidade de lançá-lo por aqui, e no momento é isso o que a empresa tem a declarar sobre o assunto. Não há previsão nem confirmação de que ele será lançado por aqui. Portanto, só podemos esperar para saber o que vai acontecer.