Frequentemente, novas tecnologias são boas, independente de ser um avanço na medicina ou algum novo gadget que proporciona algumas horas de diversão. Às vezes, elas são ruins, como as máquinas Keurig, um dispositivo para fazer café pensado para quebrar o domínio das grandes empresas, mas que acaba obrigando as pessoas a comprarem um aparelho proprietário e desnecessário.

Por que imposto zero para cápsulas de café é ruim para o planeta?
A máquina que faz café, refrigerante e suco em casa é para poucos

Pelo menos existem razões para se comprar tal máquina — ela torna mais fácil a tarefa de fazer café: basta botar água na máquina, colocar um dos insumos da empresa, apertar o botão e está pronto. Agora, tem empresas que estão tentando replicar a iniciativa, só que aplicando o modelo de negócio para cervejas. É o caso da LG com o dispositivo LG Home Brew.

Fazer cerveja artesanal tende a ser uma tarefa mais trabalhosa do que conveniente, que envolve aprender sobre a história da cerveja, a possibilidade de experimentar suas próprias fermentações e fazer algo por conta própria mesmo, e não algo para se comprar pronto.

O LG Home Brew não faz nada disso. Segundo a descrição da empresa, o Home Brew cuida de tudo para o consumidor com um “algoritmo otimizado de fermentação” e um “sistema inteligente de cápsula” no qual todos ingredientes estão pré-selecionados:

O Home Brew não só oferece uma uma forma incrivelmente simples de fazer cerveja artesanal, mas também melhora a qualidade das cervejas que produz. Uma algoritmo otimizado de fermentação inteligentemente controla o processo de fermentação com a temperatura certa e controle de pressão para garantir a fermentação com sucesso. O sistema inteligente de cápsula também remove toda a frustração de limpeza associada com métodos tradicionais de produção de cerveja artesanal. Ele automaticamente limpa tudo usando apenas água quente, assegurando que tudo está limpo e pronto para a próxima leva de cervejas.

Ainda não está claro quanto vai custar o dispositivo da LG, mas, como nota o site Tom’s Guide, variantes de produtos de competidores custam entre US$ 329 e US$ 799. A LG diz que vai oferecer cinco sabores (“hoppy American IPA, golden American Pale Ale, full-bodied English Stouth, zetsy Belgian-style Witbier e dry Czech Pilsner”) e que leva cerca de duas semanas para gerar até 5 litros de cerveja, o que dá uns 14 copos com 355 ml.

É claro que kits de fermentação não são novos, mas eles são geralmente pensados para facilitar o processo de produção de cerveja, não fazer tudo para você. Como o processo do aparelho da LG envolve apenas apertar um botão, talvez o equipamento não tenha tanto apelo para quem cultiva o hobby de fazer cerveja artesanal.

As pessoas que curtiram a ideia — pelo amor de Deus, não tem nenhum problema com isso — podem pensar que os gastos com o dispositivo junto com as cápsulas farão o consumidor economizar em vez de comprar um pack com 12 cervejas no mercado. O fato é que ainda não há detalhes sobre o preço e disponibilidade.

Por ora, só sabemos que a LG dará mais detalhes sobre o Home Brew durante a CES 2019, feira anual de tecnologia realizada em Las Vegas (EUA), onde a companhia sul-coreana informou que fará demonstrações do equipamento em seu estande.

[LG via the Verge]