O Loop é um pequeno dispositivo que armazena todas as suas informações de cartão de crédito, e pode ser usado em maquininhas de cartão de um jeito curioso. Além disso, você pode comprá-lo agora mesmo.

O Loop talvez soe familiar: provavelmente você está pensando no Coin, um cartão programável que substitui cartões de crédito e débito. Existem algumas diferenças importantes, no entanto.

A principal delas é que o Loop já existe como produto para o consumidor final. No momento, o Coin ainda é um protótipo, que quer se tornar realidade através de uma campanha de crowdfunding. O produto só deve ser lançado no meio do ano.

Além disso, enquanto o Coin requer que você use a tarja magnética, o Loop gera um campo magnético que age como uma tarja magnética nos terminais de cartão. (Nos EUA, o chip ainda é pouco usado nos cartões; no Brasil, ambos fariam menos sentido.)

loop 2

O Loop também vem em formatos diferentes: um pequeno acessório (US$ 39) ou um case para iPhone (US$ 99) que carrega sua bateria. Ambos os dispositivos vêm com um leitor de cartão magnético para armazenar seus dados. Eles também requerem um app, por enquanto disponível apenas para iPhone (uma versão está sendo desenvolvida para Android).

Mas há questões de segurança. Será que algum hacker poderia facilmente obter suas informações de cartão de crédito? Não de acordo com a Loop: todos os dados são “codificados e indexados” para fins de segurança, e você precisa introduzir seu PIN (senha) cada vez que efetuar um pagamento. Você também tem que apertar um botão para ativar o Loop antes de fazer o pagamento.

O Loop começou a ser vendido na quarta-feira, e o GigaOm já testou. Por um lado, eles gostaram muito:

Onde eu usei o Loop, a experiência foi surpreendentemente fluida. Quando estiver pronto para pagar, você pressiona um botão no acessório e o toca no leitor de tarja magnética… O terminal se comporta exatamente como se você passasse um cartão normal.

Mas há um inconveniente chato:

Eu achei um pouco chato que não havia conexão entre o meu telefone e o acessório, a menos que eles estivessem fisicamente ligados. Isso significa que, para alternar entre cartões já carregados no acessório, eu preciso ligá-lo na entrada de áudio do meu celular, abrir o app, inserir meu PIN, selecionar o cartão que desejo usar e, por fim, desconectá-lo do celular. Para mim, é mais fácil pegar minha carteira e retirar o cartão físico.

loop 3

Isso parece chato, mesmo. Ele também traz à tona a grande questão: não é mais fácil continuar usando cartões de crédito? Os EUA vão adotar em breve os cartões com chip, que irão quebrar esse sistema, tornando isto um investimento temporário. O Loop é bem pequeno, mas não é tão compacto quanto um cartão de crédito.

Talvez seja cedo para descartar o Loop como uma solução para quem leva muitos cartões de crédito por aí. Mas precisamos de algo que sirva também para máquinas de cartão que leem chips. Não é um problema fácil de se resolver, considerando que até o NFC tem suas dificuldades. Felizmente, as empresas continuarão tentando. [Loop via GigaOm]