A Huawei confirmou em um tuíte no domingo (1) que seu smartphone Mate 30 será apresentado no dia 19 de setembro em Munique, Alemanha. O que não passou despercebido nesse tuíte foi o slogan do evento, “Rethink Possibilities” (“repense possibilidades”, em tradução livre), que é muito apropriado para o momento que a empresa está vivendo.

Com a proibição do governo norte-americano, a Huawei não poderá utilizar o sistema operacional Android e outros serviços do Google, como Play Store, Maps e YouTube. Por isso, a empresa começou a se movimentar para criar alternativas. O sistema operacional HarmonyOS já foi anunciado recentemente, e um substituto à Play Store e um serviço de mapeamento também estão sendo desenvolvidos.

A série Mate é considerada o carro-chefe da Huawei e, portanto, o Mate 30 deve ser apresentado com especificações de topo de linha, de acordo com o Mashable. Rumores indicam que é provável que o aparelho inclua o novo chip Kirin 990 da empresa e um módulo quadrado para abrigar as câmeras traseiras. Mas, mesmo com um hardware potente, o smartphone pode acabar não sendo tão atraente com a ausência do Android.

Saberemos como a Huawei pretende contornar todas essas questões em 19 de setembro. Como lembra o Mashable, este mês será bem movimentado para o mercado de smartphones, com o lançamento de novos iPhones, o Galaxy Fold e um novo aparelho da LG.

[Engadget, Mashable]