Havia rumores de um Playstation 5 e de novidades sobre a próxima geração de Xbox, mas esta E3 foi bem leve em termos de novos hardwares legais. Sabíamos que era esse o caso, considerada a enorme quantidade de acessórios de realidade virtual que a maioria de nós não pode ou não vai usar em breve.

Ainda assim, apresentaram alguns controles e consoles legais, além de pequenos e estranhos acessórios na E3 2018. Abaixo, listamos os nossos favoritos da conferência.

Hyperkin Ultraboy

A Hyperkin trabalhou muito no Ultraboy (então chamado de Ultra Game Boy) desde que o manuseamos pela primeira vez, na CES 2018, em janeiro. Gamers nostálgicos vão se esforçar para conseguir um, mas a Hyperkin, na verdade, o projetou mais como um bom instrumento para músicos de Chiptune. Como resultado, os protótipos mais recentes mostrados na E3 deste ano ganharam conexões de saída de áudio aprimoradas e um disco de volume superdimensionado na lateral. Ele ainda consegue rodar jogos clássicos de Game Boy e Game Boy Color, mas não espere que o Ultraboy vá deslizar para dentro do seu bolso tão facilmente quanto o seu smartphone.

Nintendo Poké Ball Plus Controller

Como se os minúsculos controles Joy-Con de Nintendo Switch não fossem peculiares o bastante, para os seus próximos jogos Pokémon: Let’s Go, Pikachu! e Pokémon: Let’s Go, Eevee !, a Nintendo fez um acessório de Pokébola da vida real para fazer os jogadores se sentirem mais como verdadeiros mestres Pokémon. Ambos os jogos podem ser jogados usando os controles padrão do Switch ou com o Poké Ball Plus, que possui botões e um joystick. Ele é consideravelmente menor do que uma Pokébola da vida real e dura apenas cerca de seis horas com uma única carga via USB-C, graças aos efeitos sonoros simulados das criaturas mantidas dentro dela. Porém, a US$ 50, ou incluído em pacotes com os jogos, a Nintendo não terá problemas para vender o acessório para os gamers.

Scuf Vantage PS4 Controller

O design do controle de PlayStation não mudou drasticamente desde a primeira incursão da Sony nos consoles, o que é uma pena para os gamers que não curtem o DualShock. A Scuf Gaming, por sua vez, tem agora uma alternativa — uma bem cara, de US$ 170 —, com seu novo controle Vantage, que toma emprestado sugestões de design de controles de Xbox, incluindo joysticks analógicos deslocados. O verdadeiro apelo do Vantage, no entanto, é que ele é quase que completamente customizável, permitindo que você mexa nos botões, na funcionalidade e até mesmo no design da placa frontal, de acordo com suas preferências. Ele tem até mesmo uma faixa de toque na parte inferior, para silenciar seu microfone ou diminuir o volume dos seus fones de ouvido sem ter que tirar os olhos da ação que acontece na tela.

[Scuf Gaming]

Microsoft Adaptive Controller

As principais notícias da Microsoft podem ter sido sobre a ampla gama de jogos que a empresa anunciou, além de umas palavras rápidas sobre o próximo Xbox, mas o controle adaptativo, projetado para pessoas com deficiências, foi uma novidade bem-vinda apresentada depois de ser anunciada no início deste mês. Ele tem 19 diferentes portas de 3,5 mm que permitem ao jogador customizar o controle de acordo com suas necessidades pessoais. Ele pode acabar sendo útil para jogadores que gostam de trapacear, mas nós adoramos que ele tenha sido construído, primeiro de tudo, para gamers com deficiências.

Hyperkin Duke Colorways

A primeira iteração do renascido controle Duke, da Hyperkin, é preto, de modo que se aproxime dos enormes controles que vinham com o primeiro console da Microsoft. Afinal de contas, é para isso que ele existe: para colocar o primeiro controle de Xbox de volta nas mãos dos gamers, mesmo que eles já estejam usando equipamentos mais modernos. Mas se você ainda não mergulhou no Duke, a Hyperkin revelou na E3 quatro novas versões do controle imponente, em acabamentos transparentes nas cores laranja, vermelho, azul e ver, para combinar com os botões de ação nos próprios controles. No entanto, todo o resto é exatamente o mesmo do Duke preto, incluindo aquela tela LCD animada.

8BitDo Zero 2 Wireless Compact Gamepad

Além de um rebranding corporativo, a 8Bitdo revelou um monte de atualizações para sua linha de controles sem fio na E3 deste ano. O destaque, no entanto, ficou com a versão dois de seu minúsculo controle Zero. O Zero 2 traz consigo o formato original, ainda sendo possível pendurá-lo com facilidade em um chaveiro. Mas ele vem também com controles de movimento e compatibilidade com o Nintendo Switch. Tudo isso por apenas US$ 20.