Tirando a tecnologia de controle por movimento, em que a Nintendo foi pioneira, controles de videogames não mudaram muito nos últimos 15 anos. E, para muitas pessoas, isso tem sido bom, pois foi mantido um padrão de coordenação entre mãos e olhos que foi passado de um console para outro de forma bastante simples.

Alguém por favor conte para a Microsoft por que as pessoas compram consoles
Surface Hub 2 é mais uma ótima ideia da Microsoft, mas será que vai vingar?

No entanto, para gamers com deficiência, o arranjo padrão de controle com comandos analógicos, botões e gatilhos está longe do ideal. Então, para ajudar essas pessoas, a Microsoft criou um novo controle desenvolvido especificamente para pessoas com mobilidade limitada.

Chamado de Xbox Adaptive Controller, ou XAC, o periférico da Microsoft parece mais com um sistema de arcade do que com um controle tradicional. Em vez de um joystick, há dois pads grandes e um direcional, juntos com a variedade típica de botões e menus de navegação.

O destaque do dispositivo é o que está em sua volta, pois o XAC conta com 19 entradas de 3,5 mm que pode receber diversas conexões, como pedais, botões externos extra ou interruptores personalizados. Cada conector de 3,5 mm é rotulado em dois lugares distintos para mostrar qual botão em que a porta está mapeada. Na prática, isso torna possível personalizar ainda mais a experiência no app Xbox Accessories.

Se isso não for o suficiente, o XAC vem com uma entrada para fone de ouvido dedicada e portas USB adicionais (tem tipo A e tipo C), que podem ser usadas para conexão ou para enviar energia extra para outros acessórios gamers. Tem até um recurso que a Microsoft está chamando de modo copiloto que permite parear o XAC com um controle convencional de Xbox One para criar um esquema de controle de game híbrido com várias partes.

Ao desenvolver uma solução para pessoas com mobilidade limitada, a Microsoft tentou prestar atenção nos menores detalhes. Então, em vez de usar baterias substituíveis no XAC, que muitos jogadores com deficiência dizem ser ruins de trocar, a Microsoft criou um sistema de baterias recarregáveis.

Há ainda pequenas ranhuras no espaço acima dos conectores de 3,5 mm, que devem tornar mais fácil a tarefa de plugar e desplugar vários acessórios. E, na parte de baixo, há fios embutidos na base do controle de modo que ele possa receber diferentes suportes para melhorar a acessibilidade.

No que diz respeito ao preço, o XAC será relativamente barato, partindo de US$ 100, e será disponibilizado “ainda neste ano”. E, se você quiser saber mais sobre como o XAC foi desenvolvido e testado baseado no feedback de gamers deficientes, basta dar uma olhada no blog post da Microsoft (em inglês).