O Mr. Skin já havia mencionado esta nova habilidade antes da revelação, na edição atual da The New Yorker. Basicamente o que ela faz é transformar o que antes era um borrão em algo visível. Nas palavras do Fleshbot:

Onde antes havia apenas uma sombra escura, agora há um "matinho" — ou ao menos mais peito. E onde antes havia apenas… não, é só isso mesmo.

Eu só espero que a Sony esteja pagando o Mr. Skin por todo este empurrão ao Blu-Ray. Até eu fiquei mais interessado na mídia agora. [Fleshbot]