Para combater os downloads ilegais (ou agregar mais valor a um arquivo legítimo), um novo formato de arquivo chamado MusicDNA foi anunciado pelos mesmos desenvolvedores do padrão MP3. O novo formato é compatível com os players de MP3 atuais, com a diferença que tem um monte de conteúdo extra acompanhando cada arquivo.

Ao fazer o download de uma música ou de um álbum no formato MusicDNA o comprador também vai receber vídeos, a arte de capa, os comentários do encarte e informações sobre shows – além de ter acesso a blogs e ao twitter do artista. A idéia é mesmo incentivar os downloads legais, assim como o iTunes LP que a Apple lançou no ano passado – apesar de eu mesmo não conhecer ninguém que realmente tenha pago para receber apenas algumas imagens digitais.

A equipe do MusicDNA já fechou contratos com alguns selos independentes e bandas como Radiohead e Arctic Monkeys devem usar o formato em breve, com preços ainda a definir. Com lançamento previsto ainda para o primeiro semestre, nós provavelmente vamos começar a ouvir muito sobre o MusicDNA. Mas será que alguns vídeos e atualizações do Twitter são suficientes para fazer você abandonar o torrent? Eu acho que não. [The Guardian]