Com a chegada iminente do fantástico Opera Mobile, a guerra de navegadores no Android já começou oficialmente. Mas peraí, Opera no Android? Isso soa meio familiar! Aqui está o que vem acontecendo, e por que isso é uma ótima notícia.

A Opera anunciou que vai oferecer o Opera Mobile para as fabricantes de celular, para substituir ou acompanhar o navegador padrão do Android. Ele é muito diferente do Opera Mini, que já está no Android Market há meses: o Opera Mini é um navegador feito em Java voltado originalmente para celulares não-smartphone, e não é tão legal assim. O Opera Mobile, por outro lado, é um navegador completo e extremamente capaz, que tem sido há tempos a resposta do Windows Mobile ao Mobile Safari e ao Mobile Chrome.

Se a versão para Android for parecida com as últimas versões para Windows Mobile, e parece que é, vale a pena ficar ansioso. Ele tem um engine de renderização completamente diferente do navegador padrão do Android, tem suporte a compressão em servidor das páginas para carregamento mais rápido, e tem muitas pequenas funções úteis (tantas que é difícil listar aqui), tornando-o o primeiro navegador genuíno a competir na plataforma — outros, como o Steel e o Dolphin, são apenas variações do navegador padrão.

O único senão é que por enquanto o Opera Mobile só está disponível para as fabricantes, ou seja, ele virá em alguns celulares novos mas não estará disponível no Android Market, pelo menos por enquanto. Teremos que deixar o XDA e o Modaco responsáveis por extrair o navegador e disponibilizá-lo para todos, e sinceramente Opera, eles vão mesmo fazer isso. [TechCrunch]