A gigante do streaming Netflix encerrou o suporte nativo ao AirPlay, da Apple, com a companhia revisando suas diretrizes que dizem que a mudança ocorre “em função de limitações técnicas”, segundo informado pela própria Netflix ao Cult of Mac e ao Verge neste sábado (6).

Uma das vantagens do AirPlay é que ele torna fácil transmitir um vídeo da Netflix em um iPhone ou iPad para um aparelho Apple TV.

O suporte da Netflix ao AirPlay — funcionalidade que permite transmitir vídeo do app para iOS para uma Apple TV — existe desde 2013, e parece que não houve grandes revisões no AirPlay que permitiria dar algum problema na compatibilidade com o app de streaming. Assim, existe uma certa suspeita de que a Netflix está fazendo isso com em retaliação à Apple, que está lançando um serviço de streaming que inclui acordos com os principais competidores da empresa, e não incluindo a Netflix.

O Cult of Mac ressalta que usuários de iPhone e iPad ainda podem usar alternativas, incluindo enviar vídeos para um Chromecast ou uma TV que suporte a segunda tela da Netflix, ou simplesmente conectando seus dispositivos diretamente à tela com um cabo HDMI usando um adaptador.

Segundo o Verge, a Netflix explicou que a ação envolve o crescente número de dispositivos de terceiros que suportam AirPlay 2, que tornou impossível distinguir entre aparelhos certificados e “assegurar que nossos padrões de qualidade sejam atingidos”:

A Apple recentemente fez parcerias com a maioria das marcas de TV permitindo que o AirPlay 2 envie show diretamente para equipamentos de TV de 2019 com uma atualização de firmware a ser lançada neste ano, mas um porta-voz da Netflix me disse que o AirPlay 2 não têm identificadores digitais para permitir que a Netflix diferencie esses aparelhos — dessa forma, a companhia não consegue certificar que seus usuários estão obtendo a melhor experiência Netflix nestes novos aparelhos.

Então, agora a Netflix está tirando o plugue da tomada e deixando usuários de AppleTV a ver navios. “Nós não conseguimos distinguir qual dispositivo é, então não podemos certificar os dispositivos…assim tivemos que desligar o suporte”, disse um porta-voz da Netflix.

“Queremos assegurar que nossos assinantes tenham um ótima experiência Netflix em qualquer dispositivo que eles usem”, disse a Netflix em comunicado ao Verge. “Com o suporte ao AirPlay sendo liberado para dispositivos de terceiros, não existe uma forma de distinguir os dispositivos (o que é uma Apple TV versus o que não é) ou certificar essas experiências. Portanto, decidimos descontinuar o suporte ao AirPlay da Netflix para assegurar nosso padrão de qualidade de exibição seja alcançada. Os assinantes podem continuar a Netflix em nosso aplicativo integrado na Apple TV e em outros dispositivos.”

Isto vai ser provavelmente um pequena inconveniência para a maioria dos usuários do que um obstáculo sério: a maioria das Smart TVs já conta com uma solução da Netflix, e isso não impacta as outras formas de obter conteúdo em uma tela (como usar o app da Netflix para a Apple TV ou algum outro dispositivo com app da Netflix, como um Xbox ou Playstation). Também é possível usar o espelhamento de tela presente no AirPlay, que não foi afetado. Além disso, isso vai frustrar as pessoas que estão já acostumadas com o recurso.

Como o Mac Rumors observou, não só a Netflix não quis participar no serviço de streaming da Apple, como também parou de permitir que as pessoas pudessem iniciar assinaturas do serviço por meio do app para iOS em dezembro de 2018 — possivelmente para interromper o pagamento que tinha de fazer para a Apple pelas assinatura pagas). Esta situação lembra uma outra que ocorreu entre Amazon e Google e que começou em 2015, quando a Amazon removeu os dispositivos Chromecast de sua loja, o que fez o Google tirar o suporte ao YouTube de dispositivos Fire TV e do Amazon Echo Show, apesar de haver alternativas para o acesso.

De qualquer jeito, Netflix e Apple têm os incentivos necessários para que seus serviços voltem a funcionar normalmente — os consumidores não gostam de experiências fragmentadas ao ponto de ter de fazer malabarismos apenas para tocar um vídeo na TV. Então, esperamos que independente do que esteja acontecendo, isso seja resolvido logo.

[Cult of Mac/The Verge]