A Nasa divulgou uma foto impressionante mostrando o rover Perseverance junto do helicóptero Ingenuity em uma única foto. Capturada pela câmera Watson localizada na extremidade do braço robótico do Perseverance, a imagem mostra o veículo de seis rodas e o helicóptero de quatro pernas ​​na superfície marciana. Os dois objetos estavam separados a uma distância de 4 metros quando este retrato foi tirado, de acordo com um comunicado da Nasa. Inclusive, se você estiver curioso, este post explica como os rovers da Nasa são capazes de tirar selfies tão incríveis.

A fotografia compõe um total de outras 62 imagens tiradas em 6 de abril, ou no 46º sol da missão — “sol” é o nome dado a um único dia solar marciano equivale a 24 horas e 39 minutos na Terra. Sim, é difícil de acreditar, mas o Perseverance está em Marte há 49 dias terrestres — ele pousou na cratera Jezero em 18 de fevereiro.

A diferença de tamanho entre os veículos é impressionante: o Perseverance, com seus 1.025 kg, equivale ao tamanho de um SUV e é bem maior que o Ingenuity, que pesa apenas 1,8 kg e tem modestos 49 centímetros de altura. Claro, esses são seus pesos terrestres, já que os veículos são 62% mais leves em Marte devido à menor gravidade (o que seria uma boa justificativa para não colonizar o planeta).

Contagem regressiva

Agora, estamos a apenas alguns dias do voo inaugural. No último sábado (3), o Ingenuity foi largado na superfície de Marte, em um local especial escolhido por ser plano e sem obstruções. Os controladores da missão do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL, na sigla em inglês) da Nasa estão fazendo seus ajustes finais, incluindo a liberação das pás do rotor do Ingenuity e testes dos motores.

Entre as etapas finais, a equipe do JPL transmitirá as instruções de voo ao Perseverance, que por sua vez as repassará ao Ingenuity. Atualmente, a Nasa tem como meta para a próxima segunda-feira (12), às 4h30 da manhã (horário de Brasília), um voo inaugural. Sim, esse horário é péssimo para quem mora no Brasil e em outros lugares do hemisfério ocidental. Dito isso, a data e a hora são provisórias, pois a ordem de partida para o voo pode ser adiada devido ao clima, como ventos fortes. E sim, os controladores de missão conseguem monitorar o clima na cratera Jezero, graças ao instrumento Mars Environmental Dynamics Analyzer (MEDA) a bordo do Perseverance.

Assine a newsletter do Gizmodo

Com seus rotores cortando o fino ar marciano a 2.537 rpm, o Ingenuity subirá a um ritmo de 1 metro por segundo. Depois de atingir uma altura de cerca de 3 metros, o helicóptero ficará suspenso no céu marciano para captar a vista e refletir sobre sua sublime conquista (pelo menos é assim que vou interpretar o momento). Depois, ele descerá de volta à sua posição inicial.

Várias horas depois que a poeira baixar, o Perseverance irá transmitir os dados do voo — incluindo as fotografias capturadas pelas câmeras de navegação Mastcam-Z do rover — de volta à Terra. A partir desse lote inicial de dados, a equipe saberá se o voo, o primeiro em outro planeta, foi um sucesso. Uma coletiva de imprensa da Nasa também está planejada para a próxima segunda-feira ao meio-dia (horário de Brasília) para discutir os resultados do teste de voo.

Outros experimentos com o Ingenuity estão programados para os próximos 30 sóis. Se derem certo, a equipe do JPL fará com que o helicóptero tire suas próprias imagens enquanto estiver no ar, proporcionando uma visão panorâmica da cratera Jezero e possivelmente até do Perseverance. Se isso acontecer, certamente se qualificaria como algo que não vemos todos os dias. Ou seja, novidades fresquinhas.