A New Horizons passou por Plutão há alguns meses, mas ainda estamos aprendendo coisas legais a partir das imagens que estão sendo enviadas para cá. Na mais recente delas, a NASA diz ter encontrado algumas camadas na atmosfera do planeta-anão.

>>> Animação da NASA mostra como a sonda New Horizons viu Plutão
>>> Sonda robótica New Horizons desperta de sono profundo para começar missão em Plutão

As imagens mostram um pouco mais da complexidade de Plutão, nos dando boas ideias de como a atmosfera do planeta funciona, e como ela é organizada:

Cientistas acreditam que a névoa é uma fumaça fotoquímica resultante da ação da luz solar no metano e em outras moléculas na atmosfera de Plutão, produzindo uma mistura complexa de hidrocarbonetos como acetileno e etileno. Esses hidrocarbonetos se acumulam em pequenas partículas, com tamanho de uma fração de micrometro, e espalham luz solar para criar a névoa brilhante e azul vista nesta imagem.

Conforme elas se estabelecem na atmosfera, as partículas da névoa formam inúmeras camadas horizontais, algumas com centenas de milhas ao redor de pluto. As camadas de névoa se estendem a altitudes de até 120 milhas (200 km).

[NASA]

Crédito da imagem: NASA/JHUAPL/SwRI