O nome já diz tudo: LG G8X ThinkQ Dual Screen. É um celular LG G8 atualizado com uma tela adicional que efetivamente opera como um segundo dispositivo conectado ao principal. Em um briefing na IFA 2019, em Berlim (Alemanha), a empresa definiu o telefone de tela dupla como a solução inevitável para nossas inclinações multitarefa. Depois de passar alguns minutos usando o G8X, estou pensando se deveria ser mais multitarefa ainda.

O termo “tela dupla” é quase enganoso com o G8X. A segunda tela é, na verdade, mais como uma capa de celular conectada, para que você possa usar o dispositivo principal como um telefone comum ou conectá-lo à tela da capa para obter a experiência de tela dupla. Uma vez ativada, a segunda tela funciona quase como seu próprio dispositivo. A tela OLED de 6,4 polegadas possui o mesmo tamanho e resolução da tela do dispositivo principal.

A segunda tela possui sua própria barra de navegação e pode exibir aplicativos de forma independente. Caramba, a segunda tela tem até seu próprio notch, mesmo que você não possa realmente usá-la como o próprio telefone. Talvez isso seja óbvio. Toda a experiência é muito semelhante a ter um monitor externo conectado a uma área de trabalho e, quando você pensa dessa maneira, a ideia de um telefone com duas telas parece mais razoável. Imagine como você pode assistir a um vídeo do YouTube e ler seu site favorito ao mesmo tempo no seu telefone. Ou, se você faz transmissões de vídeos ao vivo, é possível utilizar a câmera no dispositivo principal e ler os comentários na segunda tela.

No lançamento, a LG também está anunciando alguns aplicativos – como o da câmera e a galeria de fotos correspondente – projetados especificamente para funcionar nas duas telas. Os jogos mobile também podem ser mais fáceis e divertidos, pois a segunda tela pode ser configurada como um controle personalizado.

Por mais complicada que a situação de duas telas pareça, ela realmente é ainda mais complicada ao usar. Eu só estive alguns minutos com um protótipo em Berlim, mas ficou imediatamente óbvio que há uma curva de aprendizado quando se trata de lidar com duas telas ao mesmo tempo. Como a segunda tela serve como capa, fiquei surpreso ao vê-la acender quando abri o telefone – tão surpresa que não tive certeza do que fazer com ela. Foi útil usá-lo como um controle de jogo, mas também me perguntei se não preferiria um controle real. O mesmo vale para a segunda tela do teclado, embora eu perceba que o design compacto da tela é muito mais prático do que carregar um controle de jogo Bluetooth ou um teclado externo.

O design também é elegante. O G8X possui uma dobradiça de 360 ​​graus para que você possa inverter completamente a segunda tela, e há atrito suficiente para colocar o telefone em uma mesa e virar a tela como um laptop pequeno.

Em teoria, você poderia usá-lo como um notebook minúsculo, embora o teclado completo na segunda tela seja de um tamanho estranho para digitar com as duas mãos. Você pode dividir o teclado para facilitar os polegares, mas segurar o dispositivo dessa maneira é uma porcaria. A situação toda é impressionante! Eu não tinha certeza do que fazer com a segunda tela. Também é o paraíso das impressões digitais, já que três das quatro superfícies do dispositivo são feitas de vidro.

Sério, cidade das impressões digitais. Foto: Adam Clark Estes (Gizmodo)

Não posso enfatizar o suficiente o pouco tempo que estive com o novo LG G8X ThinkQ Dual Screen. Foram alguns minutos em um hotel, onde eu me atrapalhei com as configurações de Wi-Fi e lutei para encontrar razões para usar a segunda tela. Definitivamente, pude ver como o uso do dispositivo pode ser divertido depois que me acostumei. O G8X é um poderoso telefone com um processador Qualcomm Snapdragon 855, um sensor de impressão digital na tela e uma câmera de 32 megapixels. Diferentemente do celular de tela dupla anterior da LG, lançado na Ásia no início deste ano, o G8X não oferece suporte a 5G.

A LG ainda não revelou preços ou disponibilidade para o G8X. Por enquanto, a empresa diz que os detalhes da oferta de tela dupla dependerão das operadoras. Neste momento, é uma espécie de disputa de opiniões em relação ao aparelho com uma grande tela extra da LG e o Samsung Galaxy Fold, que finalmente está sendo lançado hoje (6) na Coréia. Que vença a melhor coisa maluca.