Menos de 24 horas após frequentadores dos jogos olímpicos do Rio notarem que a água da piscina da competição de salto tinha ficado verde, temos uma nova piscina com água mutante. A bola da vez é a da competição de polo aquático (à esquerda, na imagem acima), que está ficando com uma coloração esverdeada.

Agora, a piscina de polo aquático está ficando verde ao lado da piscina de saltos ornamentais.

Diferente de ontem, o comitê se pronunciou sobre a razão por que a água de algumas piscinas das Olimpíadas estava ficando verde. Tudo isso está acontecendo por causa de algas.

A piscina olímpica de saltos ornamentais ficou verde e ninguém sabe exatamente o porquê
A ciência por trás da terrível queda que hospitalizou uma ciclista olímpica
• Como os atletas olímpicos vão sobreviver ao nadar nas águas sujas do Rio de Janeiro

Ao falar com a Associated Press ontem após o primeiro problema com alga, Mario Andrada, porta-voz da competição, disse que a coloração verde da água foi causada pela “proliferação de algas”, principalmente por causa do “calor e da falta de vento”. As autoridades asseguram que a água foi testada e é completamente segura.

Courtney Mathewson of the United States rests during an interval before the third quarter of their game against Spain during the women's water polo competition of the 2016 Summer Olympics in Rio de Janeiro, Brazil, Tuesday, Aug. 9, 2016. (AP Photo/Gregory Bull)Foto tirada em 9 de agosto mostra atleta dos Estados Unidos descansando na água em intervalo de jogo. A água ainda estava azul. Crédito: Gregory Bull/AP

Além disso, Andrada tinha comentado que a bela piscina de água azul voltará a sua cor natural ainda nesta quarta-feira, o que ainda não aconteceu. Em vez disso, as algas da piscina estão se multiplicando. Então, Tóquio, anote aí. Talvez em 2020 valha vocês considerarem uma competição para limpeza de piscina olímpica.

Imagem do centro aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. Foto por Matt Dunham/AP