Seis países latino-americanos fizeram um acordo para criar a Agência Espacial Latino-Americana e Caribenha (Alce). A reunião, que aconteceu no último fim de semana, foi realizada na Cidade do México.

Ao todo, participam a Argentina, Bolívia, Costa Rica, Equador, México e Paraguai. Segundo a Época Negócios, que divulgou a informação, o assunto também será debatido no dia 18 de setembro, durante a reunião da Comunidade dos Estados da América Latina e Caribe (Celac).

A ideia foi criada pela Argentina e pelo México em novembro do ano passado para impulsionar o desenvolvimento espacial da região. O objetivo é “promover atividades de exploração e utilização do Espaço para fins pacíficos, com programas que tragam benefícios para a comunidade latino-americana”. O governo brasileiro não se manifestou sobre a participação na agência.

Assine a newsletter do Gizmodo

Em uma discussão sobre o tema em 2020, o Ministério das Relações Exteriores do México já havia dito que “nossa região já não estará à margem de grandes projetos como a volta do homem à Lua em 2024 e a exploração de Marte com voos não tripulados e tripulados.” O plano inicial, segundo o Governo mexicano, é lançar uma constelação de nanossatélites (de pequeno porte) focados em monitoramento dos oceanos, mudança climática e agricultura.