Existem inúmeras pulseiras que usam um acelerômetro para contar quantos passos você caminhou ao longo do dia. Este sensor pode ser enganado caso você o sacuda para cima e para baixo. O Pornhub entrou na brincadeira e resolveu tornar esse movimento mais útil.

O portal de vídeos pornográficos diz estar preparando a Wankband, que promete armazenar a energia de seus movimentos com a mão e recarregar seus gadgets.

O vídeo abaixo – que não tem nada de pornô – mostra uma pequena válvula interna na pulseira, que faz um peso subir e descer à medida que você se agrada. Essa energia é armazenada e você poderia usá-la para recarregar seus gadgets usando um cabo USB.

Existem gadgets que realmente usam a energia cinética para funcionarem. É o caso de certos relógios mecânicos, que coletam a energia dos movimentos do seu braço. Há também lanternas a dínamo, que você sacode para acender uma luz LED: em geral, você a chacoalha vigorosamente por trinta segundos para obter até cinco minutos de iluminação.

No entanto, esse método gera pouquíssima energia, insuficiente até mesmo para manter funcionando um relógio como o Pebble – cuja bateria dura até sete dias. A Wired estima que cada sacudida de pulso, para cima e para baixo, gera 0,015 joules de energia. Por isso, seria necessário chacoalhar o pulso 115.000 vezes para carregar o Pebble por completo.

No caso do Galaxy S5, por exemplo – com bateria de 2.800 mAh e tensão de 3,85 V – seria necessário chacoalhar o pulso 2,5 milhões de vezes para realizar uma carga completa. E isso considera que não haverá perda de energia, o que é impossível.

Por isso, a quantidade de energia gerada pela Wankband definitivamente não seria o bastante para carregar seu smartphone – nem se você for persistente, tiver autocontrole e trancar direitinho a porta do quarto.

Wankband - energia

Na verdade, isto parece uma pegadinha de Primeiro de Abril fora de época. O Pornhub diz que a pulseira ainda está “em desenvolvimento”, mas você pode ir até esta página – não há pornografia nela – para deixar seu nome e e-mail. Esta seria a sua chance de testar a versão beta, que segundo a empresa, vai começar “nos próximos meses”.

Esta deve ser uma piada bem-elaborada para divulgar o Pornhub sem usar pornografia, algo que o site vem tentando fazer há tempos. Se você for mesmo se inscrever, deixe uma mensagem engraçada para eles: [Pornhub]