Durante a tarde desta quarta-feira (19), o Google deu uma prévia do que deve pintar no Android 11, a próxima atualização do seu sistema operacional móvel.

Ainda que seja um preview para desenvolvedores e nem todas as funções cheguem à versão final, que costuma ser melhor detalhada durante o evento para desenvolvedores Google I/O, a empresa dá uma boa ideia de recursos e funcionalidades que estarão presentes nos smartphones Android.

Fica difícil selecionar alguns destaques, mas, de antemão, dá para dizer que o Android 11 terá otimizações para dispositivos 5G (sendo mais específico, melhores formas de gerenciamento de conexões), configurações de aparelhos de diferentes formatos (como dobráveis ou telas com diferentes tipos de notch), novos recursos de privacidade e algumas pequenas melhorias.

Melhoria no gerenciamento de conexões móveis por apps

Ainda que a conversa aqui seja muito em tecniquês, o Google promete APIs para que desenvolvedores consigam verificar melhor as condições da conexão do usuário, como largura de banda para download e upload ou se o plano é de acesso ilimitado. De modo prático, isso pode fazer com que um app exiba vídeos de melhor qualidade baseado nestas informações.

App de realidade aumentadaMelhor controle de fluxo de dados pode melhorar apps de realidade aumentada. Crédito: Google

Ajustes no notch da câmera selfie

Muitas fabricantes contam com recursos para esconder ou atenuar o notch (o furo da tela da câmera selfie). Então, o Google achou por bem possibilitar que desenvolvedores nativamente possam otimizar os apps para estes displays, além de gerenciar planos de fundo em telas com o furico ou sem nenhum tipo de intervenção na parte frontal.

Melhorando conversas

A área de notificação contará com uma seção chamada Pessoas, que reunirá conversas com seus contatos favoritos de diferentes apps. Ainda neste ramo, o Google informa que possibilitará colar imagens em conversas direto nas respostas de notificação e criar bolhas, que flutuarão pela área de trabalho do sistema, facilitando o contato com algumas pessoas— este recurso, inclusive, já tinha pintado em alguns previews do Android 10.

Privacidade

Com o tempo, o Google passou a implementar mais recursos de privacidade no Android, e a versão 11 deve contar com algo que já tem no iOS há um tempo. No caso, a permissão “Apenas desta vez” (Only this time) para informações sensíveis. Isso deve funcionar para permitir acesso temporário em apps que usam localização, microfone e câmera, por exemplo.

Permissão presente no Android 11Crédito: Google

Melhorando atualizações de segurança

A plataforma Android sempre foi criticada por não oferecer atualizações de segurança de forma igual para todos os fabricantes. Isso deve melhorar com o Android 11 graças a um processo de modularização do sistema. Dessa forma, 22 novos módulos do sistema poderão ser atualizados via Google Play System Updates.

Pequenas melhorias interessantes

  • Se você está filmando algo com um Android, sabe que o recebimento de notificações pode prejudicar sua gravação. Agora, novas APIs permitirão que desenvolvedores desativem alarmes, ringtones ou sessões enquanto a sessão de gravação estiver ativa.
  • Durante o preview do Android 10, o Google tinha incluído um gravador de tela, como o presente no iOS, porém a funcionalidade não foi completamente liberada. Com o Android 11, ela está de volta, segundo o pessoal do Android Authority. Só resta saber se ela vai continuar até o fim.
  • Dispositivos Bluetooth podem continuar conectados no modo Avião,uma melhoria vista pelo pessoal do XDA Developers.

O Google ressalta que este preview é voltado para desenvolvedores. Então, se você, usuário ou usuária curiosa, quiser instalar, saiba que existe uma boa chance de dar um monte de erros e vários dos seus apps não funcionarem direito. Além disso, o download, por ora, está disponível apenas para dispositivos Pixel, da versão 2 até a 4.

Se você tiver mais curiosidades sobre as novidades do Android 11, pode checar diretamente no Developers Blog, do Google (em inglês).