A Radeon 7970 é cheia de novidades: um novo design de núcleos e o título de primeira placa de vídeo usando transístores eficientes de 28 nanômetros. Mas ela também é criada, claro, para ser absurdamente veloz. Gamers, preparem-se.

Os números da 7970 são pesados? 3 GB de RAM, até 32 unidades de computação interna, a primeira placa a usar PCI-E Gen 3, suporte ao Direct X 11.1, e um cache L2. Isso significa que dá para jogar em até seis monitores ao mesmo tempo. E isso é só uma — você pode juntar até quatro delas de uma vez. A AMD promete enormes vantagens em comparação às placas topo de linha da Nvidia — chamando-a de a mais rápida do mundo — mas vamos esperar um julgamento melhor até termos dados reais. Mesmo assim, não há razão para não acreditar que esse monstro é incrivelmente poderoso, tanto para jogos (claro) quanto para softwares de desktop que precisam de aceleração gráfica.

Mas nem tudo se resume a poder! A 7970 é poderosa com responsabilidade, ou algo do tipo. Ela é capaz de atingir picos de consumo de energia quando necessário — e escalonar para baixo, até praticamente zero, quando o desktop não está precisando de ajuda. E ela será bem silenciosa, diferente de várias placas de vídeo monstruosas do mercado — sem som de ventoinha, segundo a AMD. Eles alegam que criaram um novo design de ventoinha que melhora os ângulos de ventilação. Com todo esse poder, melhor que seja verdade!

Novamente, nós teremos que esperar até o dia 9 de janeiro, quando a 7970 chega ao mercado por US$550. Se você quer fazer o Battlefield 3 parecer uma mocinha, eis a chance. [AMD]