A Fossil é uma fabricante americana conhecida por fazer relógios de pulso para marcas como Armani Exchange, Diesel, Burberry e Adidas. Ela vai lançar um smartwatch com Android Wear, e ele será mais barato que o Moto 360.

O Fossil Q Founder tem processador da Intel – em vez do Snapdragon 400 que vimos em quase todo smartwatch este ano – e, por rodar Android Wear, ele funciona com dispositivos Android e também iPhones.

O relógio possui tela redonda e o mesmo “pneu furado” do Moto 360 – a parte inferior da tela é preta, e provavelmente guarda o sensor de luz ambiente. Segundo o Mashable, “ele é enorme, especialmente em pulsos femininos – mas a empresa planeja desenvolver smartwatches menores no futuro”.

Fossil Q Founder - Mashable

O Q Founder faz tudo o que você esperaria de um smartwatch: recebe notificações, entende comandos de voz, conta com cards personalizados do Google Now, e possui conexão Wi-Fi para não depender totalmente do seu smartphone.

A Fossil revela poucos detalhes adicionais. Não sabemos se o Q Founder tem sensor de batimentos cardíacos, ou qual sua duração de bateria. Ele será lançado nos EUA até o final do ano por US$ 275, com pulseira preta ou prata. Lá, o novo Moto 360 custa a partir de US$ 300.

Fossil Q (1)

A empresa também vai lançar outros wearables. O Q Grant é um relógio tradicional – tem ponteiros de verdade, em vez de uma tela – mas é capaz de acompanhar sua atividade física, e traz notificações via Bluetooth com uma vibração suave. Ele estará disponível em 25 de outubro por US$ 175.

Fossil Q (3)

E temos as pulseiras Q Reveler e Q Dreamer, feitas respectivamente para homens e mulheres. Elas também acompanham sua atividade física e vibram com notificações. Ambas serão lançadas no dia 25 custando US$ 125.

O app da Fossil para iOS e Android consegue se conectar a diferentes plataformas fitness, incluindo Google Fit, Apple Saúde, Jawbone Up e UA Record (da Under Armour). Ele informa quantos passos você deu, e quantas calorias queimou ao longo do dia.

Esta não é a primeira investida da Fossil em relógios inteligentes. Em 2003, ela lançou o Wrist PDA, que rodava Palm OS em uma tela quadrada de 1″. E em 2006, veio o Fossil Caller ID, relógio tradicional que se conectava a celulares com Symbian via Bluetooth e mostrava em uma pequena tela OLED quem estava ligando.

[Fossil via Android Police – CNET – Mashable]