A fim de combater o crescimento nas vendas de Chromebooks baratos, a Microsoft se juntou às fabricantes para oferecer máquinas com Windows a partir de US$ 200​​. Os detalhes eram escassos até agora, mas um vazamento mostra como esses laptops realmente serão.

O HP Stream 14 apareceu no site da própria fabricante, mas já foi removido. O notebook de 14″ oferece uma resolução de 1366×768 pixels, semelhante à dos Chromebooks, mas seu cérebro não é Intel nem ARM: trata-se de um processador AMD A4 Mullins quad-core de baixa potência, com chip gráfico Radeon R3 integrado. De acordo com o site Mobile Geeks, ele não tem ventoinha.



A HP também inclui 2 GB de RAM (integrada à placa-mãe), o que pode ser pouco, mas o laptop virá com 32 GB ou 64 GB de armazenamento flash – ou seja, a memória swap do Windows poderia ser quase tão rápida quanto a RAM. Também há uma entrada para cartão SDXC, uma porta USB 3.0 (e duas 2.0) mais quatro alto-falantes com Beats Audio.

Claro, o grande diferencial do Stream 14 é rodar o Windows 8.1 completo e qualquer programa que seu hardware puder aguentar. E assim como nos Chromebooks, você receberá espaço gratuito na nuvem – no caso, trata-se de 100 GB no OneDrive por dois anos.

O Stream 14 deve ser lançado no final do ano. Já sabemos que Acer e Toshiba oferecerão telas de 11,6 e 15,6 polegadas, respectivamente, com processadores Intel Celeron – e estes devem aparecer na conferência IFA, no início de setembro.

A Microsoft passou um bom tempo ignorando a ameaça de Chromebooks baratos, e até fazendo propaganda contra eles. Agora a empresa tem uma resposta real para eles – resta ver se estes laptops serão bons o bastante. [Mobilegeeks.de via GigaOm]