À medida que os smartphones vão ficando mais sofisticados e mais caros, uma pergunta se torna cada vez mais relevante: do que você realmente precisa? Recursos como caneta stylus embutida, uma tela dobrável e carregamento sem fio certamente são legais, especialmente quando incorporados ao mesmo dispositivo que você usa para enviar texto, comprar, assistir vídeos ou pagar suas contas. Esses recursos também são luxos.

No Pixel 4a, parece que o Google está tentando marcar um posicionamento sobre o que deve ser considerado essencial em smartphones. Ele tem uma tela, uma câmera na frente, uma câmera na traseira, um leitor de impressões digitais e uma saída para fone de ouvido por US$ 350.

Se o Pixel 4a deveria ser a essência de simplicidade de um smartphone, acho que o Google acertou em cheio.

Foto: Sam Rutherford/Gizmodo

Design

Agora, é claro, a busca pela simplicidade vem com uma troca óbvia: a falta de opções. Portanto, ao contrário dos outros telefones do Google, não há uma versão XL do Pixel 4a. Há apenas um modelo, que possui uma tela OLED com resolução de 2340 x 1080 pixels e 5,8 polegadas. Também não existem opções de cores, apenas plástico preto fosco.

Acho que a falta de outras cores é triste, considerando que os tons usados ​​nos outros gadgets do Google (como a Purplish no Pixel 3a) são alguns dos mais interessantes do mercado, mas para a maioria das pessoas isso não é um grande problema. Além de um G cinza escuro na parte traseira do telefone, a única coisa que quebra o preto fosco do plástico é o botão liga/desliga.

Pixel 4a

O que é?
Uma versão mais barata do atual smartphone de topo de linha do Google.
Preço
US$ 350
Gostei
Simples e honesto, construção sólida, boa duração de bateria, excelente câmera, tem saída para fone de ouvido, bom custo/benefício.
Não gostei
Só tem uma opção de tamanho, não tem entrada para cartão microSD, não tem resistência a água

Usando

Mas esqueça as cores: ao optar por uma tela menor, o Google criou um dispositivo maravilhosamente compacto, enquanto molduras relativamente finas e uma câmera selfie em um buraquinho ajudam a preservar o máximo possível de espaço para a tela. Olha, não há nada de errado com um phablet grandalhão, mas depois de usar o Pixel 4a por mais de uma semana, suas dimensões parecem absolutamente confortáveis.

Foto: Sam Rutherford/Gizmodo

Em vez de tentar esconder o leitor de impressões digitais do telefone embaixo da tela, o Google optou por um sensor bem no meio da traseira do aparelho, localizado exatamente onde seus dedos descansam naturalmente quando você segura o telefone. É uma solução rápida e direta que simplesmente funciona, sem truques de alta tecnologia.

Também gostei muito do fato de o Google ter incluído uma tela OLED, algo que você normalmente não encontra em telefones tão baratos.

As cores são ricas e vibrantes, enquanto o brilho máximo de 670 nits também é bastante impressionante para um aparelho econômico. A única coisa com que as pessoas podem se incomodar é que ela tem uma temperatura de cor um pouco mais quente que a maioria dos telefones, mas isso é facilmente ajustável nas configurações de exibição do telefone.

E embora o Pixel 4a não tenha o desempenho mais rápido para um smartphone, com uma pontuação de 231 no WebXPRT 2015, ele tem velocidade suficiente para todo mundo, exceto para usuários avançados. O Pixel 4a ainda oferece mais velocidade do que outros telefones intermediários como o TCL 10 (174) e Moto G Power (171).

Outra vantagem do Pixel 4a que normalmente não é encontrada em outros aparelhos dessa categoria é o áudio estéreo, que combina o alto-falante da parte de baixo com aquele usado para ligações, que vai na sua orelha quando você coloca o telefone no rosto. Juntos, eles produzem um som balanceado e rico, mas não terrivelmente alto. E para as pessoas que ainda usam fones de ouvido com fio, também há uma saída para conector de 3,5 mm.

Foto: Sam Rutherford/Gizmodo

Câmera

No entanto, o recurso de destaque do Pixel 4a é sua câmera. Embora tenha apenas um único sensor de imagem na parte traseira, ele tem praticamente o mesmo tipo de qualidade de imagem de um Pixel 4 padrão, juntamente com todos os modos especiais de foto do Google, incluindo astrofotografia, time-lapse e, o mais importante, Night Sight.

Em suma, o Pixel 4a tem a melhor câmera que você pode encontrar em um smartphone por menos de US$ 800.

Para testar isso, comparei fotos do Pixel 4a de US$ 350 com fotos tiradas pelo OnePlus Nord de US$ 450 — que apresenta as mesmas câmeras usadas no OnePlus 8 de US$ 800 — e pelo iPhone 11 de US$ 700. Mesmo em fotos diurnas bem iluminadas que normalmente não são um grande desafio para um smartphone moderno, o Pixel 4a sempre foi o melhor que o Nord.

Em uma comparação lado a lado entre uma foto de algumas flores cor-de-rosa, a foto do Pixel permite enxergar melhor alguns detalhes, enquanto o Nord sofre com cores supersaturadas. O resultado é uma imagem mais suave, com texturas mais ricas.

Mais tarde, em uma foto de um pôr do sol, o Pixel 4a conseguiu dar um jeito de capturar uma foto tão rica e colorida quanto a do concorrente da OnePlus, mas sem escurecer por completo a metade inferior da foto, como o Nord fez.

Por outro lado, comparado ao iPhone 11, o Pixel 4a não foi tão dominante. Mesmo assim, ele costumava acompanhar o ritmo de um aparelho com o dobro do preço, muitas vezes saindo à frente.

Por exemplo, em fotos de outra flor e um mural local, enquanto as fotos do iPhone 11 ficam bonitas graças a cores um pouco mais vibrantes, nas duas comparações, se você ampliar um pouco, poderá ver onde o Pixel 4a fez um trabalho melhor ao preservar detalhes nas pétalas da flor ou na textura da parede de tijolos do mural.

Por fim, passei para situações de pouca luz ainda mais escuras, e foi quando o Modo Night Sight do Google realmente brilhou.

Em uma foto de um graffiti, o iPhone 11 fez um trabalho impressionante ao produzir uma imagem com muitos detalhes e exposição adequada, mas se perdeu um pouco no balanço de branco em comparação com o Pixel 4a.

No entanto, quando eu capturei uma foto muito desafiadora de um bichinho de pelúcia iluminado apenas por uma única vela, o Pixel 4a foi incrível, pois capturou mais detalhes entre os três aparelhos testados, além de ter uma imagem com exposição melhor, menos granulação e cores mais ricas e precisas.

Bateria

Quanto à duração da bateria do Pixel 4a, apesar de não ter chegado à marca de 15 horas e 44 minutos que o Moto G Power conseguiu em nosso teste de streaming de vídeo, o Pixel 4a ainda ficou bem acima da média, com 13h55.

Comparado a outros telefones intermediários, ele também venceu o TCL 10L (11h52) e o TCL 10 Pro (13h00) e durou mais que seus irmãos mais caros, o Pixel 4 (10h38) e Pixel 4 XL (12h36).

Foto: Sam Rutherford/Gizmodo

Conclusão

No final, minha maior reclamação se mostrou uma omissão perdoável. Eu adoraria que o Pixel 4a tivesse uma segunda câmera teleobjetiva ou ultrawide — especialmente quando aparelhos mais baratos, como o Moto G Power e o TCL 10L, vêm com câmeras duplas. O Google, porém, optou pela simplicidade e pela qualidade acima da quantidade. Mesmo assim, a única câmera traseira do Pixel 4a provou seu valor.

Em vez disso, eu realmente gostaria que o Pixel 4a tivesse algum tipo de resistência à água. Embora o Google diga que ele tem proteção limitada contra poeira e sujeira, o Pixel 4a não tem muito como se proteger da umidade. Uma classificação IP de resistência à água não torna o aparelho impermeável à água, mas quando se trata de respingos e acidentes normais, ela pode dar uma tranquilidade a mais em relação à durabilidade.

Foto: Sam Rutherford/Gizmodo

Ainda assim, o Pixel 4a parece um exemplo maravilhoso de como fazer um bom aparelho apesar das restrições. Ele segue o princípio KISS: “Keep it simple, stupid”, que pode ser traduzido como “Faz o simples, idiota”.

O Pixel 4a é simples e elegante e, por US$ 350, é quase impossível encontrar um telefone melhor nessa faixa de preço sem recorrer a um de seus rivais chineses. Se eu tivesse um filho adolescente que precisando de um celular, compraria um Pixel 4a. O mesmo vale para os avós que procuram algo novo.

Eu diria até que muitas pessoas que andam por aí com celulares de topo de linha poderiam mudar para o Pixel 4a. Elas não abririam mão de muita coisa e economizariam uma grana alta. Mas não estou aqui para dizer o que você precisa, em um smartphone. Se você quer um bom telefone por um preço razoável que cubra todos os aspectos básicos, o Pixel 4a é uma excelente escolha.

Leia-me

  • O Pixel 4a não tem outras cores ou configurações. Essa é a única disponível, pelo menos por enquanto.
  • O Google anunciou que haverá uma versão 5G do Pixel 4a prevista para o segundo semestre.
  • Como outros Pixel, o 4a será o primeiro da fila a receber novas atualizações do Android. Ele também tem suporte garantido por pelo menos três anos de atualizações do sistema operacional Android e atualizações mensais de segurança.
  • Embora o Pixel 4a tenha uma câmera traseira a menos, sua qualidade de imagem é semelhante à que você tem em um Pixel 4 padrão.