A RTX 3080 é a nova placa gráfica de topo de linha da Nvidia, e ela é um Monstro, com M maiúsculo mesmo. A empresa anunciou formalmente a série RTX 30 no início de setembro, incluindo as RTX 3070 e RTX 3090, ainda a serem lançadas.

A RTX 3080 é a primeira das três placas que tenho em minhas mãos, e estou pasma com o poder absoluto dela. Se você adiou a compra de uma placa antiga da série RTX 20, sua espera valeu a pena. Esta é a GPU que finalmente transforma em realidade os jogos em 4K.

Jogos em 4K são possíveis há um tempo, mas não tem sido realmente agradável se você está acostumado a um mínimo de 60 fps (quadros por segundo) quando joga. As resoluções 1080p e 1440p são bem gerenciáveis porque equilibram uma imagem excelente com uma taxa de quadros mais alta.

Mas a RTX 3080 finalmente viabiliza o 4K a 60 fps em uma ampla variedade de jogos com gráficos intensos — às vezes, mesmo quando o ray tracing está ativado. É uma besta absolutamente poderosa ao lidar com 1080p e 1440p.

A grande mudança da série 20 para a série 30 é a troca da arquitetura Turing para a Ampere. Isso significa que as GPUs devem ser 1,7 vezes mais poderosas do que a geração anterior. Elas podem fazer quase o dobro da quantidade de cálculos de ray tracing, o que é bom para jogos futuros que vão incorporar um número maior de efeitos, como Cyberpunk 2077.

Mas o preço é outra grande mudança. Quando a RTX 2080 Ti foi lançada ela tinha preço de US$ 1.000 (ou até mais) com as seguintes especificações:

  • 4352 CUDA cores (algo parecido com o número de núcleos em uma CPU);
  • clock máximo de 1.545 MHz;
  • 11 GB VRAM DDR6.

Olhando para as especificações da RTX 3080, é fácil ver este aumento de potência apenas nos números e ficar de queixo caído com o preço de US$ 700:

  • 8704 CUDA cores;
  • clock máximo de 1.710 MHz;
  • 10 GB de VRAM GDDR6X (GDDR6X é mais rápido que GDDR6);
  • 320W TDP.

Um grande salto no desempenho por US$ 300 a menos? Sucesso, não?

E em comparação com a 3090 e a 3070, a 3080 parece ter o melhor equilíbrio entre preço e desempenho.

A 3070 não é realmente uma melhoria tão grande em relação a RTX 2080 Ti (mesmo com preço de US$ 500, o que ainda é bem razoável).

E a 3090 tem uma 24 GB de VRAM GDDR6X por US$ 1.500 — o que é o mesmo preço de um PC muito bom. Enfim, um valor que é um exagero para a maioria das pessoas.

Nvidia RTX 3080
RTX 3080
O que é?
Placa gráfica Nvidia da série 30
Preço
US$ 700 nos EUA
Curti
Bom desempenho 4K, ray tracing, além de não fazer muito barulho e não esquentar tanto
Não curti
Games baseados em CPU funcionam em resolução menor, e o soquete de alimentação de 12 pinos fica em um lugar esquisito

Além de dar a essas GPUs muito mais poder de processamento do que suas antecessoras, a Nvidia deu a eles um visual totalmente novo. A empresa também mudou a forma como elas aspiram ar frio e expelem ar quente. Isso significa que a RTX série 30 deve permanecer resfriada por mais tempo, o que se traduz em um desempenho mais longo e estável.

Um conector de energia de 12 pinos também está presente, colocado bem em frente à placa. Mas a maioria das pessoas ainda usa conectores de 8 pinos mais antigos. É por isso que a Nvidia incluiu um adaptador na caixa. Ele se divide da porta de 12 pinos em dois cabos curtos separados com um conector padrão de 8 pinos no final de cada um. O adaptador e o posicionamento da porta de 12 pinos são pequenos defeitos em uma bela placa.

Cabo de 12 pinos da Nvidia RTX 3080Cabo de 12 pinos da Nvidia RTX 3080

Os cabos curtos duplos do adaptador serpenteiam e obscurecem o logotipo da GeForce no lado da GPU — o que parece contra-intuitivo do ponto de vista da marca. Você pode usar dois cabos PSU separados e organizá-los de forma que os cabos adaptadores se separem mais na base, mas dependendo da placa-mãe e do gabinete, isso pode causar mais dores de cabeça no gerenciamentos dos cabos.

Não sei ao certo por que a porta de 12 pinos não foi colocada na lateral da GPU ou em outro local discreto, mas a forma como o adaptador se projeta adiciona um pouco de desleixo ao gerenciamento de cabos. Esse é o único ponto negativo do design da RTX 3080.

Desempenho

Agora, vamos falar de desempenho. Nossos testes foram feitos com a seguinte configuração:

  • Intel Core i9-10900K;
  • Asus ROG Maximus XII;
  • 16 GB de RAM G. Skill Trident Z Royal 2133 MHz;
  • SSD de 500 GB Samsung 970 Evo M.2 PCIe;
  • cooler Corsair H150i;
  • fonte Seasonic 1000W.

A mesma configuração foi usada para comprar a RTX 3080 e RTX 2080 Ti.

Para jogos básicos no computador, a RTX 3080 destrói. Além da nossa gama normal de jogos, adicionei mais alguns para mostrar do que está placa de vídeo é realmente capaz.

Em resoluções mais baixas, a RTX 3080 ultrapassa a RTX 2080 Ti em cerca de 5 a 15 fps dependendo do jogo. Não é uma grande diferença, mesmo que a 2080 Ti tenha um desempenho 1080p bem bom. Mas se você está comprando uma RTX 3080 para jogar apenas 1080p, você vai gastar dinheiro à toa.

Dependendo do jogo, podem rolar alguns gargalos da CPU. A RTX 3080 é tão poderosa que nem mesmo a CPU mais potente consegue aguentar o tranco em algumas ocasiões. Para jogos que usam mais a GPU, isso não é algo para você se preocupar, mas jogos que dependem mais da CPU, como Hitman 2 e Total War: Warhammer II, vão sentir o tranco.

Durante os testes, Hitman rodou com os mesmos 1080p e 1440p no modo ultra, 90 fps e caiu apenas 10 fps para 4K. O mesmo problema com Total War: Warhammer II. Executar a RAM em uma frequência mais alta ajudará a aliviar esse problema, mas a CPU ainda será um gargalo.

Se a CPU e o motor de jogo não puderem fornecer o que a GPU precisa de maneira rápida ou eficaz o suficiente, a taxa de quadros vai chegar a um platô. Omiti Hitman 2 por este motivo, mas mantive Total War: Warhammer 2 porque o resultado foi menos severo do que em Hitman 2.

Por outro lado, jogos vinculados à GPU voam com a RTX 3080. A RTX 2080 Ti sofre para chegar a 60 fps a 4K, mas a RTX 3080 vai além disso na maioria dos jogos.

Division 2, Metro Exodus e Shadow of the Tomb Raider são os principais exemplos disso, com média de 16 a 17 fps a 4K comparado com a Ti 2080. Control e Assassins Creed ainda estavam abaixo da marca de 60 fps, mas com a 3080 eles ganham de 10 a 13 frames em relação a 2080 Ti, chegando muito perto dos 60 fps.

Portanto, em geral, a placa principal da Nvidia RTX série 30 é a escolha certa se você quiser jogos em 4K no ultra — por centenas de dólares a menos do que a RTX 2080 Ti custava no lançamento.

Infelizmente, o ray tracing é outra história. Sempre haverá um impacto no desempenho quando ele é ligado. Embora a RTX 3080 supere completamente a RTX 2080 Ti, se você quiser 4K com ray tracing ativado e um mínimo de 60 fps, isso vai variar de acordo com o jogo.

Definitivamente, você vai conseguir uns quadros a mais com o DLSS ativado, que é a sigla chique da Nvidia para sua tecnologia alimentada por inteligência artificial que aumenta as taxas de quadro e cria imagens mais nítidas. Mas mesmo assim, a 3080 às vezes errava o alvo em 4K.

1080p Ultra com ray tracing desligado1080p Ultra com ray tracing desligado

1080p Ultra com ray tracing ligado1080p Ultra com ray tracing ligado

Dê uma olhada nos números de benchmark para Control, que foram calculados usando o Frameview, da Nvidia, enquanto eu rodava manualmente a mesma seção de uma missão várias vezes. A 1440p, a média é de 61 fps, o que é um pouco abaixo do que a RTX 2080 Ti pode fazer a 1080p.

Mas as duas têm dificuldades em 4K. Control tem vários efeitos complexos de iluminação e sombra que mostram o que o ray tracing pode fazer, então não é surpreendente que 4K neste caso é ir muito além do que a RTX 3080 é capaz. É decepcionante, mas estamos falando de pequenas diferenças nos detalhes da textura.

Tem alguns detalhes maiores nas ranhuras do ladrilho quando você compara todas as capturas de tela com o ray tracing ativado, mas não muito. Control a 1440p com ray tracing ativado ainda é sensacional e roda perfeitamente bem a 61 fps, algo que a RTX 2080 Ti não consegue fazer.

O mesmo vale para o Metro Exodus. A RTX 3080 domina em 1080p e 1440p, mas em 4K ele segue como um trem que nunca atinge a velocidade máxima depois de sair da estação

Battlefield V passou os 70 fps, no entanto, o que não é nenhuma surpresa considerando que o game usa poucos efeitos de ray tracing. Wolfenstein: Youngblood foi uma agradável surpresa, pois rodava a mais de 70 fps, mesmo usando efeitos complexos de ray tracing. Quero dizer, a 1080p na resolução com RTX desligado, o game podia chegar a 300 fps.

Resultado de benchmark Geekbench da RTX 3080 comparada com a 2080 Ti
Resultado de benchmark Luxmark OpenCL da RTX 3080 comparada com a 2080 Ti

Quanto ao poder de computação bruto da GPU, dê uma olhada na enorme liderança que a RTX 3080 tem sobre a RTX 2080 Ti nos gráficos acima. Nos benchmarks Geekbench 4 e Luxmark OpenCL, a RTX 3080 está quilômetros a frente. Isso significa que você pode esperar exportação, transcodificação ou renderização 3D mais rápidos, dependendo do programa que estiver usando.

É importante notar que, ao comparar as velocidades de computação da GPU no Blender, que faz parte do nosso kit de testes usual, ambas as placas renderizaram a imagem na mesma quantidade de tempo. Então, assim como certos jogos, é possível que alguns aplicativos possam enfrentar um gargalo. No futuro, quando novos processadores forem lançados, isso pode ou não continuar a ser um problema.

O lançamento oficial da RTX 3090 e da RTX 3070 ainda está um pouco longe, mas tenho a sensação de que a maioria das pessoas escolherá a 3080 e a 3070 com base no preço e no desempenho.

A 3080 não é uma GPU barata, mesmo que tenha um desempenho incrível para o preço, especialmente em comparação com a Ti 2080 quando foi lançada. Se você tem um monitor 1080p ou 1440p e joga principalmente jogos de tiro em primeira pessoa, esta pode não ser a placa ideal para você. Claro, ela ainda obtém frames ótimos em resoluções mais baixas, mas o gargalo da CPU é um pouco problemático. Isso pode não afetar seu jogo, mas a 3080 não está sendo usada ao máximo.

Dito isto, se você investiu em um monitor 4K anos atrás apenas para este momento, adicione a 3080 à sua lista de desejos de Natal junto com Cyperbunk 2077 ou outro jogo habilitado para ray tracing. Tenho a sensação de que o jogo ficará incrível em 4K com o ray tracing ativado. Só espero que consiga obter pelo menos 60 fps com a RTX 3080.

Leia-me

  • Desempenho incrível pelo preço.
  • O novo design mantém a GPU mais fria e silenciosa que a geração anterior.
  • Alguns jogos chegam a mais de 60 fps em 4K com ray tracing ativado.
  • Os jogos vinculados à CPU provavelmente terão gargalo no desempenho.
  • Adaptador de energia de 12 pinos é bem feio.