Para computadores, o Windows 8.1 e seu Update trouxeram mudanças pequenas, exigidas pelos usuários, para deixá-lo mais fácil de usar – porém sem grandes mudanças na interface. O Windows Phone 8.1 segue na mesma linha: apesar de sua lista de mudanças ser quilométrica, elas são na maioria novidades sutis – e nem por isso menos importantes.

É um sinal de que a Microsoft ouviu os usuários, e uma atualização que coloca o Windows Phone em pé de igualdade com outros sistemas da concorrência. Assim como o iOS e Android, ele se tornou bom o bastante.

O que é?

É o sistema operacional de blocos dinâmicos para o celular. O cérebro por trás da menor tela no sonho da Microsoft de unificar a computação. A terceira tentativa em tornar o Windows Phone ótimo – ou, pelo menos, perfeitamente adequado.

Por que é importante?

Embora o Android domine fortemente o mercado, o Windows Phone briga para ganhar espaço – ele chegou ao segundo lugar em vendas no Brasil, segundo a IDC. Ele traz um design e estilo únicos, e representa uma inovação necessária em um mundo de sistemas operacionais móveis que parecem semelhantes, e até mesmo estagnados. Ele está presente em hardware bem interessante. Mas, apesar dos clamor dos fãs, o Windows Phone ainda precisava ser completo – não basta ser apenas competente.

Design

À primeira vista, o Windows Phone 8.1 é praticamente idêntico ao Windows Phone 8. Isso é ótimo! Seu estilo característico sempre foi um ponto forte. Sua identidade visual é e sempre foi muito mais consistente – e até atraente – do que a concorrência.

Títulos gigantes em letras minúsculas ainda são uma alternativa excelente ao conceito cansado de abas e guias. A quase ausência de bordas no Windows Phone ainda o torna uma das interfaces mais bonitas de se olhar. Os blocos dinâmicos ainda são bastante coloridos e marcantes, mas um exército de widgets quadrados não é tão bom quanto uma central de notificações – é uma das funções mais pedidas pelos usuários.

Mas espere! O Windows Phone 8.1 agora tem uma central de notificações! E esse é o lugar perfeito para começar.

windows phone 8.1 review (1)

Ela parece relativamente familiar e despretensiosa, porque é mesmo. A Central de Ações lembra as soluções que Android e iOS possuem há anos. Ela mostra coisas que aconteceram e também tem alguns controles (customizáveis). Não há nada de muito especial no design, e esta é a sua maior vantagem: ele simplesmente funciona, e de uma forma que você provavelmente já conhece.

Além do centro de notificações, o Windows Phone 8.1 oferece algumas novas opções para embelezar sua tela de bloqueio, que virão na forma de apps não-nativos da Microsoft que ainda não tivemos a oportunidade de testar. Ainda não sabemos quando isto virá, mas as imagens que vimos até agora são sensacionais.

windows phone 8.1 review (4)

E, claro, há a Cortana, a novo assistente digital, com poderes da Siri e Google Now, que aparece pressionando-se o botão de Busca. O design da Cortana é simples e direto – como deveria ser – e de novo pegando emprestado com inteligência alguns recursos dos concorrentes. Assim como a Siri, ela começa com uma tela quase vazia. Mas se você deslizar para baixo, ela vai oferecer informações sobre previsão do tempo – como o Google Now – além de algumas notícias que podem lhe interessar.

Ao abrir o app, você é recebido por um avatar maravilhosamente minimalista, que se encaixa perfeitamente na estética do Windows Phone. Gosto em especial da animação de “carregando…”:

windows phone 8.1 review (1)

No geral, o Windows Phone 8.1 ainda tem o estilo que você conhece, mas com ajustes sutis e adições que oferecem os novos usuários – vindos de outro sistema operacional – algo um pouco mais familiar. As verdadeiras mudanças estão sob a superfície e, finalmente, resolvem problemas mais sistêmicos do WP.

Usando

O recurso mais chamativo do Windows Phone 8.1, de longe, é a Cortana. Ela é futurista, ela é elegante, ela é o sonho realizado de um nerd de Halo. Mas ela não é a melhor novidade do Windows Phone 8.1, nem de longe – esse título vai para a Central de Ações.

Central de notificações

Você pode estar pensando que esse recurso não é tão interessante assim. Ele não tem nada de tão especial, e é exatamente isso que o torna ótimo.

A ausência de uma central de notificações foi uma escolha de design, ou consequência da falta de tempo? De um jeito ou de outro, sua inexistência era gritante. A Microsoft aceita sugestões para o Windows Phone nesta página, e uma proposta para reunir notificações tem 53.221 votos. Outra proposta com teor semelhante reúne mais 22.775 votos – e há outras.

O Windows Phone 8 tem notificações, mas e quando elas desaparecem? Por mais que elas apareçam em blocos dinâmicos, fica difícil saber o que fez o smartphone vibrar se ele estava no bolso, por exemplo. Além disso, um ícone de e-mail com um “4” não é tão conveniente ou informativo como uma lista de notificações. É melhor ter os dois, algo que o Windows Phone 8.1 agora faz.

E o centro de notificações simplesmente funciona. Ele é conveniente e familiar, completo com botões personalizáveis ​​e um link para ir ao menu de configurações. É menos original do que a abordagem de blocos dinâmicos, mas não havia necessidade de reinventar a roda aqui. Além disso, os blocos dinâmicos ainda estão lá.

windows phone 8.1 review (2)

Mesmo assim, ele ainda tem seus problemas. As notificações do Android se agrupam e ocupam menos espaço quando pertencem a um mesmo app, ou quando chegam em grande quantidade. No Windows Phone 8.1, isso não acontece. Ou seja, se você tiver uma discussão acalorada no Twitter, ela vai devorar todo o seu espaço de notificações, e empurrar o restante para fora da tela. Um pequeno inconveniente, mas que você provavelmente vai notar.

Durante dias de trabalho, descobri que o dilúvio constante de e-mails foi o suficiente para empurrar notificações mais interessantes – e mais relevantes – de outros apps o tempo todo. Sim, você pode limpar todas as notificações de um app deslizando para os lados, mas é um aborrecimento perceptível. Em vez de comprimir um excesso de atualizações, a central de notificações do WP 8.1 parece destacá-las. Sim, celular, estou ciente dos meus 999+ e-mails não-lidos, mas eu quero saber das minhas notificações do Facebook.

Cortana

windows phone 8.1 review (2)

E então temos a Cortana. Assim como o centro de notificações, ela aborda uma necessidade básica sem desbravar caminhos radicalmente novos. Ela também é uma combinação de outros recursos existentes – e bons! – do Android e iOS. A Cortana tem uma personalidade e gosta de falar, semelhante à Siri, mas ela também procura antecipar informações antes que você precise delas, assim como o Google Now.

Ela não é tão previdente como o Google Now (especialmente se você está mergulhado no ecossistema do Google, usando o Chrome e a busca), mas ela é boa. Quando você configura a Cortana, ela faz uma série de perguntas para avaliar seu interesse em determinados temas. É o suficiente para acompanhar placares de esportes, ou evitar que apareçam caso você não queira. E para funções controladas por voz, a Cortana é tão útil quanto o Google Now ou Siri – algo impressionante, dado que a concorrência está aí há anos.

E a Cortana tem alguns truques próprios, e muito bons. A função Caderno oferece um pouco de privacidade, para você não enviar todo aspecto da sua vida para a Microsoft: ele permite que você escolha quais apps e contatos a Cortana poderá acessar. Talvez ela possa ler seu e-mail de trabalho, mas não e-mails pessoais da sua esposa. Ela também permite que você configure lembretes para pessoas específicas, que surgem quando você fala com elas. “Lembre-me de trazer o documento na próxima vez que eu falar com Steve” lhe dará uma notificação acessível da próxima vez que ele ligar para você, ou quando você abrir um SMS dele.

Além desses bônus, a Cortana funciona muito bem se você tentar usá-la exatamente como a Siri ou o Google Now… pelo menos em inglês. A Microsoft promete suporte a outros idiomas a partir de 2015.

Apps

“A Loja do Windows Phone é um deserto”, diziam alguns. Felizmente, essa ideia é definitivamente ultrapassada: há mais de 200.000 apps para a plataforma. E com Instagram, Vine e Pocket, por exemplo, muitas ausências foram resolvidas.

Infelizmente, ainda há problemas. A seleção de apps é totalmente aceitável, e há pessoas – como o guerreiro Rudy Huyn – que criam apps para Windows Phone melhores que na concorrência (caso do 6tag).

Mas desenvolvedores ainda continuam, em sua maioria, a priorizar o iOS e Android, o que pode lhe desagradar. Você terá que se contentar com alternativas ou até mesmo cópias – como estas “versões” divertidamente hediondas de Threes.

windows phone 8.1 review (3)

E mais

Se você estiver no ecossistema da Microsoft, o Windows Phone 8.1 tratará você bem. O OneDrive facilita o compartilhamento de dados entre celular e computador, muito mais do que o iCloud ou Google Drive. Se você reúne seus contatos em uma conta do Outlook, será possível compartilhar automaticamente a senha do seu Wi-Fi com eles. E se você gosta do Skype, poderá fazer chamadas diretamente da Cortana… pelo menos em teoria. Eu não conseguia fazer isto funcionar, porque nenhum dos meus contatos tinha o que a Cortana considera um “número VOIP” (e eu não conseguia adicionar um).

Ainda sobre números de telefone, o Windows Phone 8.1 é irritantemente literal. Uma noite, eu demorei cinco minutos para conseguir enviar um SMS para minha namorada. O número dela estava nos contatos, mas não havia nenhuma opção de enviar SMS, e o app Mensagens não a exibia como opção. Acabei digitando o número manualmente.

É que o número estava listado como “residencial” em vez de “celular” quando veio do Google, então o Windows Phone não me deixava enviar mensagem. Eu entendo que isso deveria ser um recurso – telefone fixo não receberia SMS – mas isso trouxe lembranças de pequenas frustrações que eu tive com versões anteriores do Windows Phone.

Nem sempre o Windows Phone 8.1 presta atenção suficiente aos detalhes. Por exemplo, o app de Mapas nunca me levou para um lugar errado, e funcionou muito bem com os comandos de voz da Cortana. Mas ele ainda não mostra as linhas de trem de Nova York – e há muitas por lá – se você escolhe a opção de transporte público.

windows phone 8.1 review (6)

Gostamos

Vale a pena repetir que a mera presença de uma central de notificações faz maravilhas ao Windows Phone 8.1. Ela o torna uma alternativa mais palatável para quem já se acostumou a outro sistema operacional móvel. Assim como o Windows 8.1 (e seu Update) trazem recursos para quem não gostou das mudanças desde o Windows 7, o WP 8.1 tenta agradar usuários do Android e iOS que se acostumaram a determinados recursos.

Da mesma forma, a Cortana é um análogo totalmente viável tanto à Siri como ao Google Now: você pergunta coisas por voz, e ela responde muito bem.

Além de apenas “alcançar a concorrência”, o Windows Phone 8.1 tem algumas pequenas novidades fantásticas, e que fazem diferença quando somadas:

  • o Wi-Fi Sense faz login automático em redes Wi-Fi públicas caso você as acesse com frequência, e isso é maravilhoso. E o recurso de que o compartilhamento no Wi-Fi Sense permite oferecer acesso à internet da sua casa para amigos do Facebook e contatos do Outlook sem compartilhar a senha – mas eles precisam usar Windows Phone também.
  • a Cortana é sensacional em usar linguagem natural, em vez de comandos predeterminados. “Eu preciso de um casaco hoje?” funciona como um substituto para o “mostre-me a previsão do tempo”, e funciona. Também é possível confirmar ações dizendo “é/tá bom/ok” em vez de “sim”, o que é estranhamente maravilhoso.
  • o “tempo de silêncio” da Cortana lembra o modo “Não perturbe” do iOS, e é bastante conveniente. Ele permite que, durante certas horas do dia, seu celular não emita notificações nem toque ao receber chamadas. Você pode adicionar exceções, no entanto.
  • a Cortana exibe um lembrete para pedir algo a alguém quando você fala com eles (via chamadas de voz ou SMS), e é extremamente útil quando você lembra de usar o recurso.
  • os novos apps para a tela de bloqueio – que ainda não estavam prontos durante o review – parecem ótimos.

No geral, o Windows Phone 8.1 é muito mais acolhedor do que qualquer iteração antes dele. Eu tive que usar dois celulares ao mesmo tempo, e quando ambos apitavam com a mesma notificação, eu preferia vê-la no Windows Phone porque eu realmente queria usá-lo. Eu nunca me senti assim sobre um Windows Phone antes.

windows phone 8.1 review (7)

Não gostamos

O Windows Phone 8.1 ainda tem um monte de pequenos ajustes a receber. A central de notificações tende a ser inundada; contatos não deixam você entrar em contato com as pessoas; há uma abundância de áreas nas quais o Windows Phone ainda pode melhorar – mas agora não faltam recursos que pedimos há anos.

A versão 8.1 traz o Windows Phone até o ponto no qual vir do Android ou iOS é mais agradável. Ele saiu da linha de partida muito tempo depois que a corrida começou, então essa aproximação é algo importante. Ainda assim, por si só, o Windows Phone 8.1 não oferece muita coisa que faria você querer mudar de plataforma.

Vale a pena?

Se você já está dedicado ao ecossistema do iOS ou Android, o Windows Phone 8.1 por si só oferece poucos motivos para mudar. O hardware pode ajudar: talvez você queira uma câmera melhor, ou um design mais atraente – e aparelhos com WP oferecem isso. Nesse caso, mudar de plataforma ficou mais fácil.

E se você está curioso para mudar de OS, o Windows Phone 8.1 enfim faz a aventura valer a pena. A central de notificações, a assistente de voz e pequenas novidades fazem todo o sistema parecer natural e completo como nunca antes. A atualização para 8.1 faz com que o Windows Phone não seja apenas bom, mas atraente para quem se “acostumou” com outros sistemas operacionais. Isto é muito promissor para o futuro do Windows Phone, e para o futuro da guerra de smartphones como um todo.

O Windows Phone 8.1 chegará como uma atualização “nos próximos meses”, segundo a Microsoft, e smartphones com o sistema estrearão até o início de maio. Você pode baixar a versão Preview aqui.