Na jornada para acabar com as senhas, estamos migrando aos poucos para a biometria: smartphones Android fazem reconhecimento facial, iPhones e iPads têm leitor de digitais, e futuros dispositivos da Samsung trarão reconhecimento de íris.

Esta semana, a SRI International anunciou uma parceria exclusiva com a Samsung, para sua tecnologia IOM (Iris on the Move) ser usada em dispositivos móveis. O primeiro produto será uma versão do Galaxy TabPro 8.4 com um módulo embutido para escanear sua íris.

O reconhecimento promete ser quase instantâneo: basta olhar para o sensor e você será liberado (ou não, caso você não esteja autorizado). E a SRI diz que “esta solução baseada apenas na íris é 1.000 vezes mais precisa que dados de impressão digital”.

A empresa vem trabalhando no IOM há anos. Eis uma demonstração do sistema feita em 2011 – você nem precisa tirar os óculos para reconhecer a íris:

Como lembra o Android Authority, a SRI trabalha com inteligência artificial e criou a empresa Siri, Inc., que oferecia uma assistente de voz. A Apple comprou essa empresa em 2010, e embutiu a Siri em iPhones no ano seguinte.

No entanto, ao contrário do Touch ID e semelhantes, a identificação por íris pode não ser para todo mundo. A empresa nota que o IOM é adequado “para aeroportos, controle de acesso, gerenciamento de força de trabalho, de segurança e aplicações semelhantes” – não é a mesma coisa que desbloquear o smartphone para jogar Candy Crush Soda.

Mas este pode ser o começo de uma era com mais biometria e menos senhas. O Windows 10, por exemplo, tem suporte embutido a reconhecimento de íris. [SRI via Android Authority]

Imagem por SRI