Você já deve conhecer o Snapchat, app para enviar fotos ou vídeos que desaparecem após alguns segundos. Ele se tornou um fenômeno e fez sua criadora “valer” US$ 10 bilhões. Como a empresa ganha dinheiro? Com anúncios estranhos e, agora, com envios de dinheiro para seus contatos.

Para usar o Snapcash, basta cadastrar um cartão de débito, abrir o chat, digitar um cifrão mais o valor a transferir, e pronto. Este vídeo bizarro mostra como isso funciona:

O recurso já está disponível no Android – o iOS receberá uma atualização em breve – para usuários com 18 anos ou mais, e que moram nos EUA.

O Snapcash é basicamente uma versão do Square Cash, que permite transferir dinheiro para seus amigos via e-mail, digitando um cifrão mais o valor no campo “assunto”. A Square é uma empresa cofundada por Jack Dorsey (do Twitter) que transforma smartphones em maquininhas de cartão usando um pequeno acessório.

É a Square que armazena seus dados de cartão. Isso é uma boa notícia, já que o Snapchat não é muito conhecido por sua segurança. Na virada do ano novo, hackers vazaram login e celular de 4,6 milhões de usuários. E no mês passado, houve mais um vazamento, desta vez de milhares de fotos trocadas por adolescentes no app.

Privacidade

Falando nisso, o Snapchat atualizou sua política de privacidade enquanto lançava o Snapcash. Agora eles dizem que, bem, não há como garantir que suas fotos picantes foram mesmo deletadas:

Não podemos garantir que as mensagens serão apagadas dentro de um prazo específico. E mesmo depois de excluirmos a mensagem dos nossos servidores, os mesmos dados podem permanecer em backup por um período limitado de tempo.

A política ainda diz que os usuários deveriam ter “bom senso”: “não envie mensagens que você não iria querer que alguém salvasse ou compartilhasse”.

O Facebook – que tentou comprar o Snapchat, mas não conseguiu – está preparando um recurso para enviar dinheiro aos seus amigos através do Messenger. A rede social lançou este ano dois concorrentes ao Snapchat – Slingshot e Bolt. Nenhum deles vingou. [Snapchat Blog via Valleywag]