Parece que o melhor que o Nintendo Switch tem para oferecer, pelo menos em seu lançamento, é novo Legend of Zelda: Breath of the Wild, que tem recebido ótimas críticas dos veículos especializados. Apesar do sucesso do jogo, não é o suficiente para fazê-lo vender que nem água, principalmente quando se tem um Super Nintendo portátil como este, com uma biblioteca imensa de jogos clássicos em 16-bit.

• Não, o Nintendo Switch ainda não foi homologado no Brasil
• Um cara fez uma espécie de smartwatch usando um Raspberry Pi e instalou Windows 98 nele

Essa criação incrível foi feita por um amigo de @huxarufaxara, que transformou um console Super Famicom (versão japonesa do Super Nintendo) num monstrinho portátil. O slot para o cartucho foi movido para a traseira do Famicom para que a tela LCD embutida no topo permanecesse visível.

E em vez de enfiar um controle e integrar os eletrônicos na carcaça para que ele ficasse mais parecido com um Game Boy, o cara simplesmente fez um buraco e encaixou um joystick do Famicom. Não é bonito, parece ser bem pesado e a autonomia de bateria deve ser terrível, mas pelo menos dá para jogar Super Mario World.

[Twitter via RocketNews24]