Nos idos de 2011, a Sony anunciava o PlayStation Mobile: uma plataforma para levar jogos a dispositivos Android certificados e ao portátil Vita. Ele não vingou, então a Sony vai acabar com o projeto de vez.

A ideia nunca deu muito certo. Poucas fabricantes de smartphone além da Sony – incluindo HTC e Sharp – apostaram na plataforma, e nenhuma trazia algum diferencial (como botões de PlayStation) específico para jogos.

Além disso, a quantidade de jogos nunca foi grande, girando em torno de 50. A empresa prometia levar clássicos do PS1 para o Android, mas voltou atrás – eles se tornaram exclusivos do Vita.

Junte isso ao fato de a PlayStation Mobile só estar disponível em nove países (Japão, EUA, Canadá, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Espanha e Austrália), e você tem uma receita para o fracasso.

No ano passado, a Sony já avisou que o PlayStation Mobile não seria mais testado no KitKat 4.4.3 ou superior, portanto os jogos poderiam não funcionar corretamente. Ele nem mesmo é compatível com o Xperia Z3, que faz streaming de jogos do PS4.

Depois que o antigo smartphone Xperia Play (com botões de PlayStation!) ficou aquém das expectativas, a Sony esperava criar uma plataforma de jogos para vários dispositivos Android. Quem acabou fazendo isso foi o Google, através do Play Games e do modo multiplayer local.

O PlayStation Mobile será fechado em 15 de julho, e os usuários que compraram jogos por lá poderão baixá-los até 10 de setembro. Este é mais um olho roxo para a Sony no mundo móvel; ela também cogita desistir dos smartphones Xperia. [Sony via Greenbot]