O Spotify custa atualmente R$ 16,90 por mês no plano individual. Quem acha isso muito caro pode recorrer ao plano familiar, que oferece seis contas para um mesmo endereço por R$ 26,90. Se seis é demais para você, o novo plano Duo pode interessar. Ele oferece duas contas por R$ 21,90.

No comunicado à imprensa, o Spotify diz que o Duo é voltado para casais ou duplas — você e um irmão, ou seu pai, ou sua mãe, ou a pessoa com quem você divide apartamento, etc. A condição, no entanto, é dividir o mesmo endereço. Ele precisa ser confirmado na hora do cadastro. O app do Spotify usa as informações de localização para conferir se as pessoas dos planos familiares moram juntas mesmo, e é de se imaginar que isso vá ocorrer também no Duo.

Apesar de falar em duplas, o Duo tem alguns recursos extras que parecem mais interessantes para casais mesmo. O Duo Mix é uma playlist atualizada regularmente com o que os dois assinantes ouvem. Ele tem dois modos — “relaxar” e “curtir” — e ícones identificando com base em qual dos dois usuários aquela recomendação foi feita.

O vídeo acima dá uma ideia de como o Duo Mix funciona. Não tenho certeza se a música “Te Amo Sem Compromisso” é um bom exemplo do que colocar em uma playlist para casais, no entanto.

Também dá para compartilhar playlists e a biblioteca. Se sua intenção é só economizar, nada disso faz muita diferença, mas pode ser bacana ter esses recursos para dividir aquelas músicas especiais com o cônjuge.

O plano Duo começou a ser testado em março em alguns mercados e só agora chegou ao Brasil. Ele é, neste momento, um diferencial do Spotify. As duas assinaturas individuais somadas sairiam por R$ 33,80. Ou seja, é um desconto de R$ 11,90 por mês.

Apple Music, YouTube Music e Deezer, seus principais concorrentes, só oferecem planos individuais ou familiares para até seis pessoas. O plano familiar do Deezer sai pelos mesmos R$ 26,90 mensais. Já YouTube Music e Apple Music são mais baratos, cobrando R$ 25,50 e R$ 24,90, respectivamente.