Um dos motivos da tela de e-ink do Kindle ser mais agradável para a leitura é ela não ser atualizada constantemente. Você talvez não seja capaz de notar, mas o “flicker” de alta velocidade do seu LCD pode gerar fadiga ocular e dor de cabeça. Baseado nisso um laboratório de pesquisas no Japão começou a desenvolver uma tela com taxa de atualização lenta — até uma a cada cinco segundos.

O painel LCD de 60,5″ obviamente não atualiza sempre nessa lentidão. Quando está exibindo vídeos ou jogos, ele pode, presumivelmente, manter 60 quadros por segundo de modo que as imagens não fiquem borradas, exatamente como seu monitor convencional. Mas quando o que aparece na tela são imagens estáticas, ele pisa no freio para que ao final de um dia de trabalho você não se sinta tão cansado.

A tela também usa LEDs vermelho, verde e azuis para sua retroiluminação, com o LED azul otimizado para não emitir luz em uma comprimento de onda menor que 420nm (o que, descobriu-se, pode ser ruim para o olho). Sobre a disponibilidade, a tela recentemente apareceu em uma feira no Japão e, com sorte, deve chegar a tablets de baixo custo já no começo do ano que vem. [Tech-On!]