Nesta segunda-feira (25), o ex-presidente Donald Trump fez questão de ressaltar que não voltará ao Twitter, mesmo se o atual dono da rede social, Elon Musk, desbloquear sua conta.

Em entrevista ao canal Fox, Trump elogiou a aquisição de Elon Musk, mas afirmou que, apesar de torcer para que Musk faça melhoras na rede, ele não voltará a twittar. Afinal, Trump já arrumou um novo espaço para compartilhar seus pensamentos, a rede social Truth, lançada em fevereiro.

“Espero que Elon compre o Twitter, porque é um bom homem e vai melhorar a plataforma, mas eu fico no Truth”, ressaltou o ex-presidente.

Apesar de nascer prometendo mais privacidade e o direito irrestrito à liberdade de expressão, a rede social de Trump não parece caminhar assim tão bem — como quem lê o Gizmodo viu por aqui.

Trump suspenso do Twitter

O ex-presidente americano foi suspenso permanentemente da rede social em janeiro de 2021, após o ataque de seus apoiadores ao Capitólio, em Washington.

O ataque ao Congresso aconteceu após um discurso de Trump onde ele incitou falsas acusações de que sua derrota para o atual presidente americano Joe Biden aconteceu devido a fraudes nas eleições. A alegação foi desmentida nos tribunais americanos.