Depois de áudios, stories e melhorias em imagens, o Twitter agora vai se aventurar em outro recurso: o de meteorologia. A rede social está lançando uma plataforma para saber como está o clima local, por enquanto presente em 15 cidades da América do Norte e na República Dominicana. O serviço é gratuito, mas haverá uma modalidade paga de US$ 10 (R$ 50).

Intitulada “Tomorrow”, a plataforma é uma parceria com o jornalista de clima e meteorologista Eric Holthaus. Também tem a participação de 18 meteorologistas locais na América do Norte, que ficarão responsáveis pela criação de conteúdo gratuito para usuários comuns e assinantes mensais. A previsão é que entre 20 a 30 pessoas sejam contratadas nos próximos meses para auxiliar a equipe principal de meteorologistas.

Esses conteúdos variam entre newsletters enviadas tanto por e-mail quanto pelo próprio Twitter (este último pela plataforma Revue, adquirida recentemente pela companhia), além de salas de bate-papo no Spaces. Inclusive, dentro do Spaces, os assinantes poderão enviar um número ilimitado de perguntas — por enquanto, apenas por e-mail, mas a ideia é que, futuramente, o Revue centralize essas questões por meio de um sistema protegido por senha.

“Todas as noites, você receberá uma mensagem curta em sua caixa de entrada com uma previsão feita por um meteorologista de sua cidade, juntamente com uma notícia, um poema, um meme, um pequeno vídeo ou um apelo à ação”, diz a equipe do Tomorrow no site oficial da plataforma.

Assine a newsletter do Gizmodo

Segundo Holthaus, o projeto deve ser expandido para as 50 maiores cidades da América do Norte até o final deste ano. Em 2022, o meteorologista espera lançar o Tomorrow em mercados internacionais, entre eles Índia e Brasil. O jornalista diz que a plataforma pode ser mais útil em locais onde o Twitter, embora seja amplamente utilizado, não possui sistemas mais sofisticados de informação do clima.

[Tomorrow, Axios]