Localizar um motorista de aplicativo de transporte em ambientes com muita gente é difícil pra caramba. Às vezes, a dificuldade é identificar o veículo ou mesmo achar o motorista em meio a um trânsito imenso formado por uma fila de carros. O Uber anunciou nesta segunda-feira (16) novos recursos para solucionar esses problemas que, por enquanto, só estarão disponíveis nos EUA e no Canadá.

Como funciona o novo esquema de pagamento para motoristas do Uber
Agora você não precisa baixar o app para pedir um Uber

O mais interessante dos três novos anúncios do Uber é uma funcionalidade chamada Spotlight. Ele basicamente faz com que o app do passageiro emita uma luz — o motorista também é informado qual é a cor da luz do passageiro. Assim, basta com que a pessoa que solicitou o veículo exiba o smartphone para ser localizado.

Outra melhoria ainda relacionada à comunicação entre motorista e passageiro são as pickup messages. Aqui se trata de mensagens pré-configuradas — como “estou aqui” ou “procurando por você” — para facilitar a comunicação, sem que o motorista perca muito tempo teclando. Por parte do passageiro, ele poderá enviar mensagens como “espere aí onde você está” ou mesmo compartilhar algum detalhe de como está vestido por meio da plataforma de mensagem.

Por fim, se você já perdeu algum agendamento de carona, o Uber promete dar créditos para quem for vítima de atraso de algum motorista. Nos EUA, a tolerância é de até 15 minutos. Após esse tempo, o passageiro pode receber até US$ 10 de crédito — a companhia não especifica se isso será descontado do motorista ou se vai ser subsidiado por eles.

No papel, parece que essas novas medidas devem ajudar bastante. Devem evitar que pessoas entrem em veículos errados e, no caso do último recurso, oferece um incentivo para que não haja atrasos. Vamos aguardar para saber se veremos ou não pessoas balançando seus smartphones com a tela colorida por aqui. Segundo a empresa, ainda não há previsão.

[Uber]

Imagem do topo: Getty Images