Todos os anos, o guia de viagem e fotografia Capture the Atlas organiza uma competição com as melhores fotos da Via Láctea. Como ver a beleza do espaço a olho nu nem sempre é possível, felizmente dá para, com um pouquinho de talento e os equipamentos adequados, capturá-la com uma câmera. Veja os destaques de 2022:

“Chuva de Meteoros Perseidas no Monte Mangart” – Uros Fink


Imagem: Uros Fink/Reprodução

A foto de Uros Fink foi tirada a partir dos Alpes Julianos, na Eslovênia. O fotógrafo conta que planejou a viagem com um amigo durante seis meses, o que proporcionou a dupla ótimos resultados. 

Os amigos se juntaram a vários outros profissionais no Monte Mangart, a terceira montanha mais alta do país, da qual é possível ver a estonteante Galáxia de Andrômeda. Fink conseguiu ainda registrar a passagem da chuva de meteoro Perseidas, associada ao cometa Swift-Tuttle.

“Era do Gelo” – Alvin Wu


Imagem: Alvin Wu/Reprodução

Alvin Wu fez seu registro no Tibet. O lago que compõe a paisagem congela durante o inverno, quando as temperaturas ficam em torno de 20ºC negativos. A composição da imagem combina a superfície de gelo azul com a deslumbrante constelação de Órion.

“Uma varanda para as estrelas” – Efrén Yanes

Imagem: Efrén Yanes/Reprodução

A foto de Efrén Yanes foi tirada em Tenerife, no território espanhol das Ilhas Canárias. Não foi fácil chegar ao clique, já que a maré precisava estar baixa para que o fotógrafo pudesse entrar na caverna. Além disso, as condições do mar também devem estar perfeitas para não apresentar riscos. 

Foram três tentativas até que ele conseguisse chegar ao cenário. A pessoa vista ao fundo da foto é o próprio Yanes, que se encaixou no quadro para dar uma noção de escala aos espectadores. 

“Segredo” – Marcin Zajac

Imagem: Marcin Zajac/Reprodução

Marcin Zajac fez sua foto na Califórnia, Estados Unidos. Na imagem, é possível ver representações em rocha feitas pelo homem, que recebem o nome de petróglifos. Esses em questão foram feitos por nativos americanos que habitaram a parte leste da Califórnia há milhares de anos. 

“Casa de Lavanda” – Benjamin Barakat 

Imagem: Benjamin Barakat/Reprodução

O clique de Benjamin Barakat foi tirado em Valensole, na França. O fotógrafo conta que tirou a foto durante uma noite quente de verão, conseguindo a imagem de uma casinha isolada no meio do campo de lavandas. 

Barakat escreve: “O cheiro e a atmosfera desses campos de lavanda são irreais, e ficar ali entre eles no meio da noite é uma delícia, especialmente porque as abelhas foram dormir e você não corre o risco de ser picado!”.

“A estrada do sal” – Alexis Trigo

Imagem: Alexis Trigo/Reprodução

Alexis Trigo fez sua foto no Deserto do Atacama, no Chile. O fotógrafo conta que descobriu o local da foto enquanto andava de bicicleta em busca de uma vista panorâmica única. E lá estava a Cordilheira do Sal, com o mineral espalhado pelo chão que reflete a luz do céu.