Fãs da Beyoncé que clamavam por novos projetos da cantora estão em êxtase desde o anúncio do álbum “Renaissance”. Além de liberar a canção “Break My Soul”, Beyoncé estampou a capa da Vogue britânica do mês de julho, apresentando sua estética mais recente. Para os brasileiros, a sessão tem um tom ainda mais especial: quem fotografou Bey para a revista, afinal, foi o paraense Rafael Pavarotti.

O artista fez a sessão de fotos em abril deste ano, em Los Angeles, Estados Unidos. Com composições vibrantes, o ensaio de Beyoncé é uma parceria da Rafael com o editor de moda britânico-gambiano Ibrahim Kamara, marcado por cores fortes e representatividade negra. Confira o resultado:

Rafael Pavarotti nasceu em Belém, em 1993, e saiu de casa ainda aos 16 anos. Pavarotti fez seu nome ao fotografar pessoas não-brancas para grandes veículos de moda do mundo. Atualmente, o artista vive em Londres.

Como destaca a página oficial do fotógrafo, ele vem assinando trabalhos com grifes internacionais, entre elas Dior e Dries Van Noten, além de revistas internacionais, como iD e Daze. O paraense está entre os 50 jovens talentos homenageados no Fashion Awards 2020 e foi nomeado em 2019 como um dos criativos mais indicadores do mundo pela British Fashion Council. 

Pavarotti tem um portfólio invejável, com direito a fotos estreladas por nomes como Harry Styles e Rihanna, para a revista Dazed, e a atriz Simone Ashley, para um editorial de moda da Vogue. Foi ele também o responsável pela capa histórica da Vogue com modelos como Adut Akech Bior, Amar Akway e Janet Jumbo. Rafael também realizou trabalhos nacionais recentes, quando fotografou Isabeli Fontana para a capa da Vogue Brasil em 2020.

O brasileiro costuma compartilhar seus trabalhos em seu perfil no Instagram, que usa como oportunidade para dar representatividade à cultura negra.