O que você está prestes a assistir é história sendo feita, o triunfo de sete anos de design e engenharia. Hoje, o Airbus A350 XWB completou seu primeiro voo. Este é o vídeo do gigante tomando os céus.

Este não é apenas mais um avião grande: o A350 é um milagre de fibra de carbono. 53% de sua estrutura é feita de compósitos (mais do que qualquer outro), o que torna este o avião mais eficiente de sua categoria, em termos de consumo de combustível e emissão de CO2.

O A350 partiu de uma pista em Toulouse, França, e completou um voo de teste de quatro horas no início desta manhã. Este é apenas o início de seu processo de certificação, que vai durar 2.500 horas espalhadas durante um ano. Se tudo correr bem, o avião poderá decolar de aeroportos já em 2014.

airbus a350

O A350, feito na Europa, é considerado o principal concorrente para o Boeing 787 Dreamliner. Na verdade, ele é uma resposta não muito sutil para a Boeing, cujo avião é feito com “apenas” 50% de materiais compósitos.

O Dreamliner, que decolou pela primeira vez no ano passado, teve a vantagem de ser o primeiro. Ele poderia vencer o A350 com facilidade. Só que o plano saiu completamente pela culatra: o Dreamliner está cheio de problemas.

No início deste ano, um Dreamliner pegou fogo em Boston (EUA) após uma falha no seu sistema experimental de energia, que usa baterias de lítio. E poucos dias atrás, a segunda maior operadora de Dreamliners do mundo cancelou todos os serviços com a aeronave, depois que motores de um avião se recusaram a funcionar na pista.

A Airbus pode estar um pouco atrasada para a festa, mas aprendeu com as falhas da Boeing e descartou planos de usar uma bateria de lítio. Agora é esperar pelos próximos testes – e pela sua estreia comercial no ano que vem. [Airbus]