Por mais que eu ame tecnologia, ainda há muitas coisas que não me trazem confiança. Os carros sem motorista estão nessa lista. Mas em meio a preocupações, testes continuam sendo feitos e prometem ganhar um reforço de peso nos próximos meses: os veículos ganharão uma cidade inteira para chamar de sua.

O projeto vem da Waymo, de propriedade da Alphabet (dona do Google). A startup está construindo a réplica de um centro urbano para testar os carros autônomos em um ambiente seguro. De acordo com o SlashGear, a companhia trabalhará com o Centro de Pesquisa de Transporte (TRC) dos EUA para construir o ambiente em East Liberty, Ohio, onde poderá testar diferentes tipos de automóveis que dispensam motoristas, incluindo carros regulares e caminhões. Também serão erguidas instalações para pesquisa e desenvolvimento.

Ohio é um bom local para todos os testes que a Waymo deseja fazer, em especial por causa do clima, que é predominantemente gelado e com neve. Contudo, a empresa também planeja testar seus veículos em cenários mais incomuns e perigosos que não são comumente vistos em estradas públicas. Isso inclui animais e pedestres que poderiam atravessar a pista, além de ciclistas e eventuais acidentes.

A Waymo também está abrindo uma segunda instalação em Menlo Park, na Califórnia, onde o foco será voltado para caminhões. Carros do tipo sedã e veículos de tamanhos semelhantes devem ficar concentrados na falsa cidade que será construída.

“Juntas, essas novas instalações nos permitirão avançar na última geração de nossa tecnologia de direção totalmente autônoma em várias plataformas de veículos”, disse a Waymo em um comunicado no Twitter.

Recentemente, a California Public Utilities Commission (CPUC) anunciou que permitiria que táxis autônomos, com ou sem motorista, cobrassem por seus serviços. A Waymo é uma das mais de 60 empresas que se beneficiariam dessa decisão, sem mencionar que é uma das sete companhias que possuem licença válida para operar com automóveis que usam um sistema de de piloto automático.