O WhatsApp deve adicionar em breve uma assinatura opcional paga para os usuários da versão “Business” do app. A assinatura paga deve ter alguns recursos extras, como o suporte estendido ou uso do app em vários dispositivos.

Além disso, de acordo com o WABetaInfo, os usuários d aversão comercial poderão gerar um link de acesso rápido, enviar ou disponibilizar onde quiserem. Ao clicar no link o usuário será redirecionado automaticamente para o bate-papo, uma opção interessante para colocar em páginas ou sites de empresa.

No Brasil é muito comum o WhatsApp ser utilizado como ferramenta de trabalho tanto por grandes empresas, para atendimento ao cliente com chatbots, e por pequenos comerciantes, para atender clientes, tirar dúvidas e até mesmo vender produtos através do app.

O WhatsApp não foi gratuito durante toda a sua existência. No início, usuários do iOS precisavam pagar US$ 1 para baixar o aplicativo. Depois de um tempo, a empresa mudou o modelo para que o pagamento fosse realizado após um ano de uso, mas a partir de 2016 todos os tipos de cobrança foram excluídos e a plataforma ficou totalmente gratuita.

Inicialmente, apenas WhatsApp Business terá uma versão paga e não há nenhuma previsão de a assinatura chegar a outra versão do aplicativo de bate-papo. Até o momento, o serviço pago da plataforma de mensagens está sendo chamado de WhatsApp Premium, mas ainda não há confirmação oficial sobre se este será mesmo o nome real do serviço.

Assine a newsletter do Gizmodo