Os quadrinhos de “A Liga Extraordinária” vão virar um novo filme — desta vez, criado para o streaming Hulu. De acordo com o The Hollywood Reporter, a 20th Century, divisão da Disney, estaria desenvolvendo um reboot mais fiel aos clássicos quadrinhos de Alan Moore e Kevin O’Neill, lançados em 1999.

Nos quadrinhos, “A Liga Extraordinária” se passa durante a Era Vitoriana de uma linha temporal alternativa, no qual o Império Britânico reúne uma equipe de figuras originárias da literatura para impedir uma guerra. Dentre os personagens centrais, estão o Dr. Jekyll & Mr. Hyde, Capitão Nemo, o agente secreto Tom Sawyer, Dorian Gray, Homem Invisível, Allan Quatermain e a vampira Mina Harker, o amor de Drácula. Que salada, não?

O intuito da nova versão é justamente adaptar as graphic novels originais, desenhadas por Kevin O’Neill, lançadas em 15 volumes entre 1999 e 2009. 

A produção da Hulu, que terá roteiro de Justin Haythe (“Operação Red Sparrow”), será a segunda adaptação da obra criada em 1999. A primeira, lançada em 2003, arrecadou mais de US$ 179 milhões em bilheterias pelo mundo, e foi um sucesso de venda de DVDs. Com um detalhe: o longa foi um desastre de público e crítica. A produção tomou várias liberdades com o texto de Moore e despertou o ódio dos criadores da obra contra Hollywood.

No filme de 2003, o elenco tinha Sean Connery no papel de Allan Quartermain. A repercussão negativa, inclusive, fez o célebre intérprete de 007 decidir pela aposentadoria. Além disso, tanto o roteirista James Robinson quanto o diretor Stephen Norrington, envolvidos na  adaptação, nunca mais emplacaram nenhum outro projeto no cinema. 

Essa não é a primeira vez que a franquia tenta voltar às telas. Ao longo dos anos, o estúdio buscou alguns reboots, como um centrado em personagens femininas e até mesmo no formato de série de TV. Porém, nenhuma tentativa avançou. 

Desde 2015, a Fox, detentora dos direitos da graphic novel, estava tentando lançar um reboot. Na época foi dito que o estúdio planejava focar na história de Mina. Contudo, não há informações se o reboot seguirá esse plano.

“A Liga Extraordinária” ainda não tem data de estreia. Como não o Hulu não existe no Brasil, é possível que, por aqui, o reboot chegue pelo Star+.