Chegou a hora da plataforma de games na nuvem da Microsoft sair da fase de prévia e ir para o mundo real. A companhia anunciou nesta terça-feira (4) que o Project xCloud será lançado oficialmente no dia 15 de setembro – embora apenas em uma versão beta para os membros do Xbox Game Pass Ultimate.

No entanto, qualquer pessoa pode assinar esse serviço e acessar mais de 100 jogos que a Microsoft tornou acessível por meio de sua plataforma na nuvem, incluindo Minecraft Dungeons, Destiny 2, Tell Me Why, Gears 5 e Yakuza Kiwami 2. O Game Pass Ultimate custa R$ 39,99 por mês, mas pode ser comprado em pacotes maiores que deixam ele um pouco mais barato.

Os games serão jogáveis em smartphones e tablets Android no início e exigirão conexão de pelo menos 10 Mbps, seja via Wi-Fi ou dados móveis.

Outro benefício de tornar o xCloud acessível aos membros do Xbox Game Pass Ultimate é que eles já possuem acesso a mais de 100 jogos do Xbox no PC. Os mesmos jogos deste serviço de assinatura estarão no xCloud, incluindo Forza Horizon 4, Halo: The Master Chief Collection, The Outer Worlds e muitos outros.

Os jogos via nuvem com o Xbox Game Pass Ultimate estarão disponíveis em dispositivos Android em 22 mercados no lançamento e infelizmente o Brasil não figura entre os locais. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Finlândia, França, Hungria, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslováquia, Espanha, Coreia do Sul, Suécia, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos, de acordo com a Microsoft.

Como outras plataformas de jogos em nuvem, tais como Google Stadia e Nvidia GeForce Now, os usuários precisarão comprar o game antes de poder jogá-lo. A assinatura mensal do Xbox Game Pass Ultimate oferece jogos gratuitos, descontos e outras vantagens, portanto os usuários talvez não precisem pagar para jogar um jogo na nuvem.

E ao contrário da Stadia e da GeForce Now, os usuários não poderão jogar jogos na nuvem em seu PC durante esta versão beta. A Microsoft ainda está testando o Project xCloud para PC, e no início deste ano testou o xCloud para iOS.

Também é bom ver que a Microsoft esteja seguindo o caminho da Nvidia quando se trata de como seus assinantes compram jogos. Você só tem que comprá-lo uma vez e depois pode jogá-lo no dispositivo que quiser. O Stadia, entretanto, exige que você compre uma cópia separada do jogo para jogá-lo na plataforma na nuvem – que não é o modelo mais amigável para as carteiras.

No entanto, o Google acaba de permitir que os usuários do Stadia possam jogar via dados móveis (4G ou 5G) em vez de Wi-Fi, e funciona muito bem se você tiver velocidade suficiente disponível. Estamos ansiosos para ver como xCloud se comporta na prática.