A Amazon costuma ser alvo de críticas envolvendo as condições de trabalho de seus funcionários, que são vigiados o tempo inteiro nas instalações da companhia — tudo por uma questão de eficiência, segundo a própria. E depois de implementar câmeras que usam aprendizado de máquina dentro das vans que fazem as entregas, agora a empresa tornou essa prática uma exigência. Quem não aceitar, pode perder o emprego.

De acordo com a Vice (via The Verge), motoristas de carros da Amazon nos Estados Unidos precisam assinar um termo de “consentimento biométrico” para continuarem trabalhando na empresa. Não se sabe exatamente quais informações são coletadas a partir dessa tecnologia, mas ela pode variar com base no tipo de equipamento instalado dentro do veículo. Independentemente disso, as políticas de privacidade da varejista são bem amplas.

Para se ter uma ideia, os condutores precisam concordar que fotografias tiradas pelas câmeras internas poderão ser usadas pela Amazon para verificar que são mesmo os funcionários da empresa dentro dos carros. A companhia também coleta dados como localização em tempo real do veículo, o quanto ele dirigiu, se ultrapassou limites de velocidade, se sofreu alguma batida ou se o motorista alterou rotas previamente programadas.

As câmeras não são fabricadas pela Amazon, mas pela firma Netradyne. Os dispositivos gravam tudo, porém são capazes de identificar comportamentos perigosos que podem colocar a vida do motorista e de outras pessoas em risco, como sonolência ou usar o celular enquanto dirige. Além disso, as câmeras podem alertar os motoristas em tempo real sobre essas atitudes, sugerindo que eles parem para descansar ou mantenham os olhos na pista, evitando possíveis acidentes.

Tudo isso, vale ressaltar, é alimentado por sistemas de inteligência artificial.

Como já era de se esperar, nem todos os funcionários da Amazon gostaram da ideia de estarem sendo vigiados 100% do tempo dentro das vans. Um deles, que faz parte de uma empresa terceirizada de entrega da varejista e que não foi identificado, disse à Vice que a Amazon “microgerencia” demais seus trabalhares. Outro funcionário contou à Thomson Reuters Foundation que “as câmeras são mais uma maneira de nos controlar”.

Quando anunciou a instalação das câmeras, no início deste ano, a Amazon defendeu o uso da tecnologia como mais uma ferramenta de segurança para seus funcionários.

“Temos investido em segurança por todas as nossas operações e recentemente começamos a utilizar a tecnologia líder de segurança baseada em câmera em nossa frota de entrega. Essa tecnologia fornecerá aos motoristas alertas em tempo real para ajudá-los a se manter seguros enquanto estiverem na estrada”, disse um porta-voz da Amazon.

[Vice, The Verge]