Se um fanboy é uma pessoa que passa parte da sua vida defendendo e falando bem de uma marca, do que podemos chamar Sam Henri Gold, que acabou de lançar o Apple Archive, uma espécie de museu de tudo que a Apple já lançou?

Não sei o adjetivo apropriado, mas o que posso dizer com tranquilidade é que o Gold fez um excelente trabalho em catalogar comerciais da companhia, apresentações completas da empresa, imagens de divulgação de produtos descontinuados e até detalhes de produtos usando informações presentes no site ou em manuais impressos.

Óbvio que tudo feito por Gold não é oficial e muitos dos materiais podem ser encontrados pela internet. No entanto, o grande trunfo do Apple Archive é organizar tudo isso em um só local e com um boa busca.

Pessoalmente, fiz questão de dar uma olhada nos iMacs coloridos, que foram lançados em 2000 e eram objeto de desejo de um monte de gente — na época, estes eram os “computadores modernos da MTV”. Também ficaram conhecidos como o “computador jogado na piscina em um clipe da Jennifer Lopez”.

iMac colorido lançado em 2000

Também curti ver os comerciais conceituais da Apple. Nos anos 90, quando o lema da empresa era “Think Different”, Steve Jobs narra um comercial em que começa dizendo “Here’s to the crazy ones”. O texto fala sobre os desajustados que pensam diferente e que acabam mudando o mundo, quer você goste ou não. Posteriormente, a narração deste comercial se tornou um clássico no “meio corporativo inovador”.

Ao todo, segundo Gold informou ao 9to5Mac, ele reuniu 15 mil arquivos, totalizando um pouco menos de 1 TB ao todo.

A ideia é manter o Apple Archive atualizado conforme a empresa for lançando serviços e produtos. Que o site tenha vida longa e que a Apple não implique com o belo trabalho feito por Sam Henri Gold.

[9to5Mac]