Jony Ive está deixando a Apple, de acordo com um comunicado da empresa. O designer, que entrou na companhia em 1992, vai criar sua própria empresa de design, que terá a Apple como principal cliente.

Ive ainda não saiu, mas deixará a empresa até o final do ano. Atualmente, ele é o diretor de design da Apple, onde supervisiona o design de alguns dos produtos mais emblemáticos da companhia, incluindo o iPhone.

Talvez seu produto mais conhecido seja o iMac original, cujo design extravagante ajudou a impulsionar a empresa de volta a uma boa reputação entre o público em geral.

De acordo com o Financial Times, a nova empresa de design da Ive se chamará LoveFrom e será lançada formalmente em 2020, tendo a Apple como seu primeiro cliente. O nome vem de uma conversa que Ive teve certa vez com Steve Jobs.

Ele [disse] que uma das motivações fundamentais era que quando você faz algo com amor e com cuidado, mesmo que você provavelmente nunca encontre (…) as pessoas pelas quais você está fazendo aquilo, nem nunca aperte suas mãos, fazendo algo com cuidado, você está expressando sua gratidão à humanidade, à espécie.

Eu me identifiquei com essa motivação e fui movido por sua descrição. Então, minha nova empresa se chama “LoveFrom”. O nome fala sucintamente porque eu faço o que faço.

Ive disse ao Financial Times que ele planeja se concentrar em wearables e saúde em sua nova empresa. Seu colega designer da Apple Marc Newson se juntará a ele. Newson entrou na Apple em 2014, após trabalhar anteriormente com Ive em uma série de produtos para o leilão anual da RED, incluindo uma mesa de alumínio sólido.

Se algo especificamente motivou a saída de Ive e Newson da Apple, isso não foi divulgado. Apesar disso, ele acrescentou, em um artigo separado publicado no Financial Times, “havia alguns projetos significativos que eu sinto que concluí”, incluindo o Apple Park. Ive disse que a saída era necessária. “Isso parece ser um momento natural e suave para fazer essa mudança”, disse ele.

Tim Cook, CEO da Apple, em seu típico tom otimista em suas declarações ao Financial Times, observou que o grupo de designers da empresa é “o mais forte de todos os tempos”. No comunicado de imprensa da Apple, Cook disse que “a Apple continuará a se beneficiar dos talentos de Jony trabalhando diretamente com ele em projetos exclusivos, e através do trabalho contínuo da brilhante e apaixonada equipe de design que ele construiu. Depois de tantos anos trabalhando juntos, estou feliz que nosso relacionamento continua a evoluir e estou ansioso para trabalhar com Jony por muito tempo no futuro”.

No entanto, algumas pessoas parecem discordar de Cook. A saída de Ive imediatamente derrubou em US$ 9 bilhões o valor de mercado da Apple, de acordo com Steve Kovach, da CNBC. Essas flutuações nas ações após a notícias não significam muito, mas é uma indicação do quanto associam Ive ao sucesso da empresa.

De fato, há muito tempo Ive tem sido visto por fãs e analistas como a mente por trás dos produtos mais legais da Apple desde o falecimento de Steve Jobs, em 2011. Embora Cook tenha perspicácia comercial de sobra, Ive é quem parece ter o toque de Midas quando se trata de gadgets.

Nos últimos anos, a empresa teve uma série de críticas duras a seus produtos — desde o lançamento inicial do Apple Watch (que desde então se tornou um grande sucesso entre consumidores e críticos), até a repercussão decepcionante do HomePod, e podemos dizer até mesmo ao Mac Pro deste ano, que é um divisor de águas por sua aparência de ralador de queijo.

Com a saída de Ive agora confirmada e iminente, é natural que passem a olhar os próximos aparelhos da Apple com uma lupa. As pessoas ficarão pensando quais gadgets tiveram a participação de Ive e quais não.

A equipe de design da empresa, entretanto, deve estar em boas mãos. Evans Hankey, vice-presidente de design industrial, e Alan Dye, vice-presidente de design de interface humana, agora liderarão a equipe e se reportarão diretamente ao COO Jeff Williams. O comunicado de imprensa da Apple observou especificamente que, em seu papel como vice-presidente de design industrial, Hankey liderou o desenvolvimento do Apple Watch desde o início e que a maioria das pessoas agora adora o relógio.