E a retratação da Apple à Samsung, ordenada pela justiça britânica, fica ainda mais problemática. Depois de publicar uma retratação que teve que ser reescrita e, em seguida, escondê-la na página usando JavaScript, um tribunal do Reino Unido condenou a Apple a pagar todas as despesas judiciais da Samsung para equilibrar as coisas.

A Corte de Apelação da Inglaterra e País de Gales condenou a Apple a pagar as custas judiciais da Samsung em “caráter indenizatório”, dizendo que a retratação original da Apple foi “falsa e enganosa” por se referir a outros casos fora do Reino Unido (ganhos pela Apple) para deturpar a história toda de uma maneira positiva para ela mesma. Normalmente quem perde um processo já paga as custas judiciais do vencedor no Reino Unido, mas essa decisão vai além e se estende a cobrir praticamente cada centavo gasto pela rival. O objetivo é servir como uma pequena punição à Apple por ter sido sarcástica com o caso. Talvez isso coloque um ponto final nisso. Talvez. [Groklaw via The Verge]